Seguidores

sexta-feira, 31 de março de 2017

quarta-feira, 29 de março de 2017

sábado, 25 de março de 2017

Sábado 25 Março

Serve o presente post para informar que este sábado estarei a atender, no apartamento da Parede.
O horário será das 09h às 16h.
Marcações pelo telefone: 91 663 41 24 ; ou email: sarahsweet.escort@gmail.com

quinta-feira, 23 de março de 2017

No hot water

Entre as 16 horas de 4a feira e as 18h30 de hoje (5a feira) estivémos sem água quente no apartamento.
Numa inspecção periódica obrigatória foi detectada uma fuga de monóxido de carbono. Por esse motivo o contador do gás foi retirado.
Foram envidados todos os esforços para resolver o problema o mais rapidamente possível. E entre visita do técnico de reparação e nova inspecção passou um dia inteiro!
Neste momento já está resolvida a questão.
Mas foi pela incerteza da data e hora de resolução que eu (e não só) não atendi o telefone. Assim quem me tentou contactar (e lê o blog) fica informado e espero que volte a tentar. 

terça-feira, 21 de março de 2017

A entrevista

Nas casas mais antigas de Lisboa sei que ainda se fazem entrevistas, nas outras não faço ideia!

Após escolher o anúncio, liguei obtive direcções e fica a entrevista marcada. Ora... eu só tinha ido a entrevistas em escritórios e era essa imagem que eu tinha de "uma entrevista".
No dia e hora marcados, lá estou eu: sapato salto médio de presilha, saia preta pelo joelho, camisa branca e blazer preto.
Abre-me a porta a Dona Fátima e encaminha-me (para o que mais tarde vim a saber) directamente a uma das salas de apresentação. Corre as portas e analisa-me no seu ar grave. Estou sentada muito direitinha, como manda a praxe, pois no final das contas é uma entrevista!
Questiona-me se sabe ao que vou! Respondo que sim, sei perfeitamente. Sou adulta, estou desempregada e dei o passo em plena consciência. Questões sobre idade, disponibilidade horária, se sou completa? "Sou o quê???"(imaginem  minha carinha de espanto), "Se fazes anal?", "Ah..não!" respondo eu meio acabrunhada. Explica-me o dresscode adequado àquele espaço.E chegamos à questão do nome! Sempre com a sua aparência solene diz-me "Eu não quero saber o teu nome para nada! Aqui utilizas um nome artístico. E eu sou completamene contra nomes muito pomposos, sou a favor de nomes normais! (Começa a murmurar para si mesma os nomes das meninas residentes.) Sara...Serás Sara!
E pronto..lá foi a Sara comprar uns sapatos stilleto (que nunca tinha tido!) e procurar lá por casa um vestido que se adequasse. E no dia seguinte apresentou-se ao serviço...

segunda-feira, 13 de março de 2017

Juve Leo

Apartamento da Conde Almoster..cabelinho pixie e uma marcação como outra qualquer...
Abro a porta e sinto aquele frémito...O meu sensor de perigo apitou!
O rapaz, na casa dos 30, tem boa aparência, embora maior que eu (também não é muito difícil) não é enorme, e apesar do corpo trabalhado não chega a ser intimidante.
O que me intimida é o corte de cabelo dele e a postura. Discretamente (pensa ele, pois acredito que muitas não se apercebam deste tipo de comportamento) analisa todas  as portas e segue-me até ao meu quarto.
A tensão no seu corpo e expressão são evidentes...Apesar do sorriso...
Convido-o a sentar-se comigo na beira da cama. Encetamos uma conversa banal, apenas para quebrar o gelo. Apesar da risota ele mantém-se tenso. O telemóvel não pára! Chamadas (que recusa), mensagens (às quais vai respondendo). Olha para mim, olha para o telemóvel meio escondido entre as pernas entreabertas...
De repente olha-me directamente nos olhos e diz: "Não esperava que fosses tão simpática!" Sorri, meio estupefacta... ainda sem consciência de que aquela frase tinha selado o meu destino naquele dia...
Levanta-se decidido e explica-me que ele é que tem os bilhetes para o jogo, daí os amigos não pararem de o aborrecer! Pede para se ausentar, para entregar os bilhetes, garantindo que irá voltar. Como a história apresenta algumas incoerências, confronto-o num tom jocoso. Os seus lábios mantêm a história, mas são os seus olhos assustados que me passam a mensagem fulcral: "Por favor deixa-me ir embora!" Sorrio, entro no papel fingindo acreditar que voltará. Acompanho-o e assim que fecho a porta sou assomada por uma amarga sensação...
Ao que teria este rapaz sido designado? Pois notoriamente recusou...
Que destino pavoroso me terá sido desviado?

sábado, 11 de março de 2017

Há dias...

...em que a atrasadisse mental humana vem ao de cima... como se de leite esquecido ao lume se trata-se...

Chego ao apartamento quase às quatro da tarde... Os afazeres da manhã demoraram mais que o esperado... Cumpro com as duas massagens agendadas... Cerca das oito da noite toca o telemóvel. Hesito, entre atender ou não atender. Atendo... Uma voz jovem jocosa indaga sobre o anúncio. Como (para não variar) não indica onde viu ou o que pretende, lá tenho de ser eu a questionar. Resposta: "Não seiiiii, o que te apetece fazer?" Juntando esta bela frase ao tom de voz obtive a resposta, mais para mim que para ele! O meu dedo foi mais rápido que os meus lábios... Já lhe tinha desligado a chamada (na cara..óbvio), quando os meus lábios (pensativos) proferiram: "Nada... Não me apetece fazer nada!" Sorrio serenamente, tiro o som ao telemóvel e vou rever a série Walking Dead.


Sábado... Passam vinte minutos das onze, estou quase a sair e toca o telemóvel. Atendo, condições..etc.. "Pode agora?" Explico que não, pois ainda vou sair de casa. Passado nem vinte minutos começa a ligar incessantemente. (Ora... se eu lhe disse de antemão quanto tempo demoraria de caminho!!!) Chegada ao apartamento vejo que tenho um sms: "Carlota, falamos à pouco, estou ao pé dos Maristas. Vale a pena esperar?" Ainda lhe dei um toque, a ver se ligava de volta, para esclarecer que não tinhamos marcado nada e que a atitude dele era tudo menos a desejável. Silêncio absoluto...


Esqueci-me do telemóvel no silêncio. Vejo que perdi uma chamada, mas como só passaram dez minutos dou um toque de volta. Liga, anuncio-me (tenho a perfeita noção de que deve ter ligado para umas quantas e não sabe qual sou). Como parece meio perdido indico os sites onde anuncio... Perdido continua...E para facilitar pede que me descreva!! Juro que julguei ter ouvido mal... mas não!! Passado o primeiro impacto, respiro fundo e respondo: "Olhe, vou ser muito sincera consigo!" "Siiimmm?!" - retorque ele, com uma aparente inocência na voz (mas que não chega para me convencer).  "Eu acabei de lhe referir que anuncio no Docemassagem e no ApartadoX e você vem-me pedir para eu me descrever???? Mas pensa que está a falar com alguma menina de jornal?? Eu não tenho paciência para isto! Com licença!" Fim de chamada.


Nota: não teci os meus comentários habituais, pois parece-me que estão implícitos... e... há dias...

Sábado 11 Março

Serve o presente post para comunicar que hoje estarei a atender até às 19 horas. Beijinhos

quarta-feira, 8 de março de 2017

Espanca...Doce Espanca...

Image result for poema mulher florbela espanca

Image result for poema mulher florbela espanca

Image result for poema mulher florbela espanca

Image result for poema mulher florbela espanca

Image result for poema mulher florbela espanca

Image result for poema mulher florbela espanca


Image result for poema mulher florbela espanca

A Origem do Dia Internacional da Mulher

Nota introdutória: Apesar da minha educação ter tido bastante influência de correntes defensoras de direitos das mulheres (e não só), desconhecia a origem deste dia. Sempre soube que o dia era importante, mas devido à sua mercantilização nunca lhe dei a devida importância!
Foi a minha parceira de apartamento que me alertou para os fundamentos deste dia.


Image result for poema mulher florbela espanca



O dia 8 de Março é, desde 1975, comemorado pelas Nações Unidas (ONU) como Dia Internacional da Mulher.
É comemorado em vários países do mundo, como Albânia, Argélia, Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Camarões, China, Cuba, Equador, Geórgia, Itália, Israel, Laos, Cazaquistão, México, Moldávia, Mongólia, Montenegro, Polônia, Roménia, Rússia, Sérvia, Ucrânia, Vietnã e outros.
Em 1903, profissionais liberais norte-americanas criaram a Women's Trade Union League. Esta associação tinha como principal objetivo ajudar todas as trabalhadoras a exigirem melhores condições de trabalho. Porém, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado pela primeira vez somente em 1909, nos Estados Unidos. Originalmente chamado Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, a primeira celebração foi realizada em 28 de fevereiro de 1909, em Nova York, organizada pelo Partido Socialista da América (em memória de uma manifestação ocorrida em 1908 promovida pela União Internacional de Trabalhadores de Vestuário de Senhoras).
Em tempo: Diz-se que se trata de lenda uma história que dizia que as mulheres operárias de fábricas de têxteis tinham organizado um protesto por melhores condições de trabalho e melhores salários em 8 de março de 1857, em Nova York, quando foram atacadas e dispersas pela polícia, e que, ao ocuparem uma fábrica, ocorreu um incêndio e cerca de 130 mulheres morreram queimadas.
O certo é que depois de um tempo os americanos pararam de comemorar essa data, mas, inspirada em parte pelos socialistas americanos, a ideia de um Dia Internacional da Mulher (assim mesmo, no singular) passou a ser discutido em vários movimentos ao redor do mundo. como uma estratégia para promover a igualdade de direitos, incluindo o voto para as mulheres.
Nos anos seguintes ocorreram comemorações em diversos lugares como Dinamarca, Alemanha e Suíça e Império Austro-Húngaro.
Em 1913, as mulheres russas observaram seu primeiro Dia Internacional da Mulher no último sábado de fevereiro (pelo calendário juliano usado na Rússia).
Em 1917, nas manifestações que marcaram o Dia Internacional da Mulher em São Petersburgo (Rússia) na última quinta-feira de fevereiro (que caiu no dia 8 de março no calendário gregoriano) desencadeou uma greve na qual as mulheres de São Petersburgo exigiam o fim da Primeira Guerra Mundial, o fim da escassez de alimentos na Rússia e o fim do czarismo. Esse evento foi o estopim da greve geral que marcou o início da revolução russa.
O Dia Internacional da Mulher foi declarado feriado nacional na Rússia Soviética em 1917, e depois alguns outros países comunistas como a China e Cuba.
As Nações Unidas (ONU) designaram 1975 como Ano Internacional da Mulher, e começaram a patrocinar o Dia Internacional da Mulher no dia 8 de março entre os Estados-membros.
Neste dia, é costume que os homens deem às mulheres de suas vidas - amigas, mães, esposas, avós, namoradas, filhas, colegas, etc. - flores e pequenos presentes. As mulheres também às vezes recebem presentes de seus empregadores. Os alunos muitas vezes também trazem presentes para suas professoras.
Na Itália, para comemorar o dia, os homens dão mimosas amarelas às mulheres. Mimosas e chocolate amarelos são também símbolos do dia 8 de março na Rússia e na Albânia. Na França, é comum o uso de violetas e lírio-do-vale.
Em países como Portugal e Itália, grupos de mulheres costumam comemorar na noite de 8 de março em jantares e festas "para mulheres".
Nos países da antiga União Soviética no Dia da Mulher ocorriam grandes celebrações. Depois da queda do comunismo, o feriado, geralmente considerado um dos principais símbolos do antigo regime soviético, perdeu popularidade em vários países, como na Checoslováquia e Armênia. Na Armênia, o dia 7 de abril foi introduzido como feriado da "Beleza e Maternidade", e a nova data tornou-se imediatamente popular. No entanto, como as pessoas continuaram celebrando o Dia Internacional da Mulher em 8 de março, ocorreu o reconhecimento do chamado "Mês da Mulher", que é o período entre 8 de março e 7 de abril.
No Paquistão, e em muitos outros países, as mulheres que trabalham nos setores formal e informal celebram o Dia Internacional da Mulher todos os anos para comemorar a sua luta em curso pelos direitos devidos, apesar de enfrentarem muitas restrições culturais e religiosas. Essas manifestações nem sempre acabam de forma pacífica. Em 2011, no Egito, para citar um exemplo, mulheres - algumas com vestes e mantos flutuantes e outras com jeans - que participavam de uma manifestação por direitos no Dia Internacional da Mulher na Praça Tahrir, no centro do Cairo, foram perseguidas e atacadas por centenas de homens enquanto a polícia e as forças armadas apenas observavam sem intervir.

Fonte: wikipédia.

segunda-feira, 6 de março de 2017

10 movimentos das mãos - automassagem



Já falei desta automassagem a algumas pessoas. É absolutamente fantástica!

Aviso que pode doer bastante, dependendo das maleitas de cada um, pois claro, mas produz efeito!

Experimentem!