Seguidores

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Temporary location

Informo que por questões logísticas esta 2a, 3a e 4a estarei a atender na Av. João XXI.
Atenção que na 4a o horário será como se fosse sexta devido ao feriado. Ou seja, saio às 17h/18h.

Não têm de se preocupar pois o meu atendimento continua independente. ;)
Serei eu que vos receberei à porta, tudo normal.
O espaço, que alguns já conhecem, tem excelentes condições e é tranquilo.

sábado, 19 de novembro de 2016

Leiria - 21 a 25 Novembro

Após muitos pedidos, e imensas tentativas da minha parte de encontrar um apartamento com condições e disponibilidade! Lá consegui.
Estarei a próxima semana em Leiria (Nova Leiria).
O apartamento fica situado perto do Novo Banco, vocês hão-de saber melhor que eu. Eheheheh.

Os horários mantêm-se, tal como os valores.

2a a 5a das 09h às 02h.
6a das 09h às 17h.

Recordo que para horários vespertinos devem efectuar a marcação no dia anterior.

Os valores são:

até 45min - 60 E
até 1h30 - 100 E


Agradeço que refiram logo no início do telefonema se querem informação de massagem, convívio ou dominação.
Beijo

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Contacto



Email: sarahsweet.escort@gmail.com

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O Menino Mau


 Era uma vez um velho poeta, mesmo um velho poeta verdadeiramente bom. Uma noite, estando em casa, ficou um tempo horrível. A chuva caía torrencialmente, mas o velho poeta estava sentado bem quentinho junto do seu fogão de azulejos, onde o fogo ardia e as maçãs chiavam.
 - Não ficará nenhum fio seco nos pobres que andavam lá fora! - disse ele, pois era um poeta bom.
 - Oh! Abre-me a porta! Estou a regelar e tão molhado! - gritou uma criancinha lá fora. Chorava e batia à porta, enquanto a chuva caía a cântaros e o vento fazia abalar todas as janelas.
 - Pobrezinho! - disse o velho poeta e correu a abrir a porta. Estava ali um menino. Estava completamente nu e a água escorria-lhe pelos longos cabelos loiros. Tremia de frio e se não entrasse, teria concerteza morrido com o mau tempo.
 - Pobrezinho! - disse o velho poeta e tomou-o pela mão. - Vem a mim que te farei aquecer! Vais ter vinho e uma maçã, porque és um bonito menino!
 E era-o. Os olhos pareciam duas estrelas claras e embora a água escorresse do cabelo loiro, encaracolava-se este, contudo, lindamente. Parecia um anjinho, mas estava muito pálido do frio e todo o corpo lhe tremia. Na mão tinha um belo arco, mas estava todo estragado pela chuva. Todas as cores das belas flechas se tinham sumido com o mau tempo.
 O velho poeta sentou-se junto ao fogão de azulejos, pôs o menino nos joelhos, secou-lhe a água do cabelo, aqueceu-lhe as mãos nas suas e deu-lhe a beber vinho doce quente. Voltou então a si, ficou com as bochechas vermelhas, saltou para o chão e pôs-se a dançar à volta do velho poeta.
 - És um menino muito divertido! - disse o velho. - Como te chamas?
 - Chamo-me Amor! - respondeu ele. - Não me conheces? Está ali o meu arco! Sei dispará-lo, podes crer-me! Olha, o tempo está bom lá fora. A lua brilha!
 - Mas o teu arco está estragado! - disse o velho poeta.
 - Isso é mau! - disse o menino, pegando nele e observando-o. - Oh! Está completamente seco, não tem mesmo a mínima avaria! A corda está bem esticada! Vou experimentá-lo! - Assim, esticou-o, pôs-lhe uma flecha, fez pontaria e disparou-o no velho poeta exactamente no coração. - Podes verificar agora que o meu arco não está estragado! - disse ele, deu uma grande gargalhada e partiu a correr, Menino mau! Disparar assim no velho poeta, que o acolheu no aposento quente, que foi bom para ele e lhe deu belo vinho com a melhor maçã!
 O bom poeta jazia no chão e choava, tinha sido atigido mesmo no meio do coração e disse: - Irra! Como é o Amor um menino mau! Vou contá-lo a todos os meninos bons, para que tomem atenção e nunca brinquem com ele, pois faz-lhes mal!
 Todas as boas crianças, meninos e meninas, a quem contou isso, tomarama ssim atenção ao mau Amor, mas ele enganou-os a todos, pois era muito astuto! Quando os estudantes vêm das aulas, corre a seu lado com um livro debaixo do braço e uma vestimenta preta. Não podem reconhecê-lo de modo nenhum e assim tomam-no debaixo do braço e crêem que também é estudante, mas ele então espeta-lhes a flecha no peito. Quando as raparigas vêm do padre e quando estão na igreja, lá está ele atrás delas. Sim, anda sempre atrás das pessoas! Senta-se no grande candelabro no teatro e flameja, de modo que a gente crê que é um candeeiro, mas notam depois outra coisa. Corre no Jardim Real e no Baluarte! Sim, ele uma vez disparou sobre o teu pai e tua mãe no coração! Pergunta-lhes, ouvirás o que dizem. Sim, é um menino mau, o Amor, com ele nunca deves tratar! Corre atrás das pessoas. Pensa que uma vez ele disparou mesmo uma flecha na velha avó, mas foi à muito, já é coisa passada. Mas não o esquece ela nunca! Irra! O mau Amor! Mas agora já o conheces! Sabes que menino mau é!


ANDERSEN, Hans Christian

Os Cisnes Selvagens e outros contos

Editorial Estampa, Lda.

Acabou de imprimir em: Dezembro de 1986





Capuchinho











domingo, 6 de novembro de 2016

Oeiras

Na semana de 14 - 18 Novembro estarei a receber em Oeiras.
É uma moradia, perto do Shopping de Oeiras.
Os horários mantêm-se: 2a a 5a das 09h às 02h. Sexta das 09h às 17h.
Recordo que devem fazer a vossa marcação o mais antecipadamente possível.
As marcações podem ser feitas por chamada, sms ( http://sarahsweet2008.blogspot.pt/2016/09/como-funciona-marcacao-por-sms.html ) ou email : sarahsweet.escort@gmail.com .

Sexta-feira 11 Novembro; Sábado 12 Novembro

Aviso:

Esta sexta-feira, 11 Novembro, estarei a atender no horário completo: até às 02h.
No sábado, 12 Novembro, estarei a receber até às 18h.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Within Temptation - Angels

Dicas de segurança para deslocação ao Hotel

Agora que já têm as "Dicas de look para ir a uma deslocação", deixo as dicas para o fazerem em segurança.



A forma mais segura de o fazerem é colaborarem com uma agência fidedigna, mas também se podem aventurar sozinhas. Se cumprirem algumas premissas concerteza que tudo correrá pelo melhor.


Em tempos idos colaborei com a EscortMadeira para as minhas deslocações. Ainda era verdinha no meio e não me sentia segura de o fazer sozinha. A telefonista ligava-me a questionar se estaria disponível no horário X. Eu anuindo dava-me o nome do Hotel, o número do quarto, o nome do senhor e qual o valor a receber. À hora marcada ligava-me para saber se já estava no quarto e na hora de término (fosse a que hora fosse!) ligava-me para saber se tinha corrido tudo bem. Um descanso.

Ganhei mais soltura e lá me comecei a aventurar sozinha.
Claro que se para "incall" o que não falta são desocupados a fazerem marcações falsas, para deslocações a hotéis também sucede. E convenhamos que irmos bater à porta de um quarto de hotel sendo uma chamada falsa, provavelmente não irá ter um resultado lá muito agradável...


Quando o potencial cliente vos liga questionem se se encontra no quarto. Por princípio eles indicam logo o hotel em questão. Com toda a delicadeza perguntem se sabe os procedimentos para se deslocarem. A maioria (dos que são efectivamente fidedignos) já sabem, mas reiterem ou informem que precisam do número do quarto e pelo menos do seu último nome. Expliquem que vão ligar para a recepção e pedir para passarem a chamada ao quarto. Desta forma sabem que o cliente está lá mesmo. Aproveitem para saber onde ficam os elevadores. Há hotéis onde eles são meio escondidos.

Informem alguém que vão estar nesse hotel e qual o quarto. Se possível peçam para a pessoa vos telefonar quando tiverem acabado de chegar ao quarto (é uma questão de coordenação). Peçam licença para atender e digam com um sorriso algo como "É a minha colega!" Um "acabei de chegar, está tudo bem" basta. Telefonema hiper-curto mas que lhe demonstra que não estás sozinha. Não há ninguém disponível? Nada como o alarme do telemóvel e uma chamada simulada.

Cumprimentarem o pessoal da recepção do hotel funciona de duas maneiras: passam mais despercebidas, pois quem não deve não teme. E há alguém do hotel que sabe que vocês lá estão. Conheci meninas que indicavam na recepção que iam ter com a pessoa X no quarto Y. É uma opção.

Há também o taxista de confiança. Se não conhecem nenhum indaguem com as vossas colegas. Este taxista para além de não fazer graçolas, se for preciso espera por nós lá em baixo.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Pequenas coisinhas...

...que têm a capacidade de me tirar do sério:

 - Ligarem-me identificando-se como foristas do GP e ainda me perguntarem quais os valores, o que faço ou deixo de fazer...
Os que ligam a dizer que leram o meu blog e ainda assim nada sabem estão no mesmo pacote!
Se é para demonstrarem a vossa preguiça, mais vale estarem calados e perguntarem as condições do que vos interessa...Simples e eficaz!

Exemplo prático: recebo sms de alguém que afirma seguir o meu blog com regularidade. Questionando se estarei disponível nessa noite... a uma sexta-feira...

- Os telefonemas absurdamente insistentes durante o fim-de-semana... Os anúncios não são claros? É que todos dizem "2a a 6a"...

- Fazerem "ouvidos de mercador" aos meus avisos de que têm de fazer marcação...

Sim eu demoro a arranjar-me pois não passo o dia "pronta" e de perna traçada à espera de telefonemas! Preciso de tempo para tomar um duche, para aquecer/arrefecer o quarto, acender velinhas, colocar um lençol lavado, verificar se o corredor e o WC estão limpos (não desmerecendo as minhas colegas, pois basta entrar alguém com areia nos sapatos ou tomar um banho que mais parece que houve uma inundação!). É que vocês gostam destes mimos, mas alguns esquecem-se que o meu narizinho é de Cleópatra e não de Bewitched.

Portanto se me ligarem a dizer "Olha estou aqui perto, podes-me receber?", a probabilidade de resposta recairá maioritariamente nestas opções:


  • "Estás aí perto, eu não!"  - Esteja eu onde estiver, nem que seja no supermercado, já não dá porque o menino em questão quer "para agora" -_-
  • "Não, pois tenho um agendamento agora/daqui a 30min/1hora."   - Fartei-me de avisar para agendar com pelo menos meia hora de antecedência, que não "encaixo pessoas em buracos de agenda" e que na meia hora que levo a preparar tudo dificilmente atendo o telefone (se for conhecido poderei atender, pois sei que não me tomará muito tempo.)
  • "Não estou arranjada, dá-me pelo menos 15 min!" - A mesma situação da 1a alínea... Está com muita pressa, com muita muita pressa...Anoying...



Custa assim tanto lerem/escutarem as minhas regras com atenção?
Seremos todos mais felizes ;)

terça-feira, 1 de novembro de 2016