Seguidores

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Ode ó desgraçado

Ó desgraçado

Que apenas mal sabes dizer

Mas nem nome tens!

Ó desgraçado

Num bordel afirmas viver

E infeliz continuas a ser…

Ó desgraçado

Que pobreza de espírito tens!

Ó desgraçado

Que me continuas a ler

Apenas para maldizer…

Ó desgraçado

Tira essa carranca de vez

E vai a vida viver!

Ó desgraçado

Arranja algo de melhor

Para fazer…

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Como fazer oral a uma mulher...

Bem, agora é que me vão cruxificar e dizer "Mas esta tipa tem a mania que sabe tudo!".
Não é nesse sentido que escrevo... vejam como uma orientação... LOL
Falando a sério, senti-me na obrigação de escrever sobre este tema porque há quem cometa muitos erros, sem ter qualquer noção disso.
Há algumas regras de higiene que devem ser cumpridas. Tais como: vir com as unhas cortadas, a barba feita... São pormenores que, se pensarem bem, fazem a diferença!
A flora vaginal é muito sensível e unhas grandes podem ocasionar situações como arranhões, beliscões (que podem originar lesões) ou infecções... é que por muito que lavem as mãos a sujidade que se encontra debaixo das unhas mantém-se...
A barba mal feita torna-se algo extremamente incómodo, leia-se doloroso, se não houver cuidado em manter uma certa distância... Dando um exemplo prático: já me aconteceu terem-me feito um "peeling" com uma barba que se assemelhava a uma folha de lixa nº3. O resultado foi um eritema tal que tive de fazer durante uns dias tratamento com Gino-Canesten para evitar uma infecção interna!
Quanto ao oral em si, este deve ser feito com a língua, os lábios e uns deditos (para quem goste e o saiba fazer ;) ). O objectivo é lamberem e roçarem a língua e os lábios, de forma a darem prazer. Ora tal será altamente improvável se insistirem em se acoplar à vagina como se fossem uma ventosa dando valentes chupões (creio que todos sabemos o que dói um chupão no pescoço, agora imaginem...), tal como usarem os dentes (socoooooorrrrrrrrrrroooooooo)!! Por esta altura já a mulher está com as mãos na vossa cabeça, tentando desesperadamente afastar-vos. O que, incrivelmente e (quase) invariavelmente tem o efeito contrário!! Toca a enfiar a cara com a força toda!! Nesta altura para além da esfoliação, temos direito a uma penetração com o queixo... no desespero os nossos pés já estão nos ombros dele, numa tentativa vã de o afastar... Até que sucumbimos e dizemos: "Chega, (por favor) já não aguento mais!!"
Observamos então aquele esgar de satisfação, em que o pensamento dele é apenas este: "Epah, foi tão bom para ela que já nem aguenta!" No comments....

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Deslocações

Muitas vezes me tentam requisitar para deslocações, mas há alguns pontos que precisam ser clarificados.
Os valores que apresento quando questionada são os de "incall", ou seja aqueles que solicito quando vêm ter comigo. Obviamente que os valores para eu me deslocar ("outcall") não serão os mesmos.
O tempo mínimo para estarem comigo em deslocação é de uma hora. Conta a partir do momento em que chego ao local.
Contudo há algumas regras: para que eu efectue uma deslocação já tenho de conhecer a pessoa, ou seja, terá de já ter estado comigo anteriormente; a marcação tem de ser efectuada com 2 dias de antecedência no mínimo e confirmada por mim; há que haver troca de contactos, senão de que maneira posso avisar que cheguei? :) E também porque imprevistos acontecem!
Falando concretamente em valores:
- se for realmente perto para mim, poderei manter os 100 €/ hora
- Lisboa, dependendo da zona, varia entre os 150€/200€ / hora
- Cascais, Estoril, dependendo da zona, varia entre os 200€/250€ / hora
Os valores apresentados já incluem a despesa com o táxi.
Recordo que o pagamento deverá ser efectuado aquando da minha chegada, sem que eu tenha de o solicitar. Preferêncialmente num envelope branco, no âmbito de manter a discrição.

sábado, 23 de outubro de 2010

Cafézinho?? No way!!

A maioria de vós já sabe, mas parece que se não estiver escrito não é verídico.
Todos os dias há alguém que tenta a sua sorte e me convida para um cafézinho, para comer um gelado, para irmos ao cinema, para jantar fora ( Aqui o argumento é realmente engraçado: "Mas eu pago-te o jantar!". Mas qualquer homem com quem eu vá jantar me paga a refeição, seja amigo ou cliente. É uma questão de cavalheirismo!!), para ir sair à noite ou até para ir de férias com eles com tudo pago!! Tudo (inclui alojamento, alimentação) menos o principal...
Equacionem lá bem a questão: há homens que pagam para me conhecer. Seja para conversar, passear ou ter sexo. Não é novidade para ninguém que eu não mostro a face nas minhas fotografias. Eles vêem estar comigo porque em primeira instância lhes agradou o corpo e posteriormente a maneira de ser.
Logo qual será a lógica de eu aceitar um convite de um desconhecido, que apenas me quer conhecer?!! Quem me quer conhecer requisita a minha companhia e paga por isso. É assim que funciona!
Claro que tenho amigos... mas fazem parte da minha vida privada, entendam isso de uma vez! O contacto que vocês têem comigo é profissional. Eu nunca enganei ninguém a esse respeito. Em todos os meus perfis é possível verificar que sou acompanhante.
Então qual é a lógica de insistir em me convidarem para isto ou aquilo? Não vale a pena... Eu não irei ocupar o meu tempo para ir simplesmente "conhecer alguém" que apenas me conhece como acompanhante, acha que devo ser uma grande maluca e que lhe irei saltar para a espinha de boa vontade (e de borla claro!!!)...

domingo, 17 de outubro de 2010

Anal ou não anal...eis a questão...

Já sei, já sei... que tenho um rabo que apetece mesmo penetrar... Já ouvi essa conversa inúmeras vezes numa tentativa vã de os tentar deixar...
É algo que é esclarecido no primeiro contacto: não pratico sexo anal.
Mesmo assim, irritantemente, a maioria questiona: "Mas porquê? Não gostas ou nunca experimentaste?" Já experimentei... causa-me dores excruciantes. O sexo tem a ver com prazer não com dor!!
E acham mesmo que eu em meia hora ou numa hora vou ficar excitada, relaxada e criar uma relação de confiança para que os deixe sequer tentar???
Já fui parva o suficiente para ir na conversa do " deixa-me só encostar" e assim que se apanham à porta tentam logo enfiar, bem à bruta, apesar de terem professado que seriam gentis... Claro que não entrou e o resultado foi eu ter ficado dorida durante dois dias...
Mas já me aconteceu pior: um cliente no entusiasmo da posição de gatas deu-me uma estocada tal que fiquei encolhida na cama, num misto de dor e susto... Quando me fui lavar a toalha, que era branca, ficou manchada de sangue...
Claro que com a sorte que eu tenho alguém haveria de me magoar a sério... Irei resumir, porque até me faz mal relembrar... Às vezes aguento um dedo (e tenham em conta que o diâmetro de um dedo e de um pénis não tem nada a ver!!). O sacana como eu não fazia anal pediu para o deixar por um dedo porque gostava muito de anal e assim sempre sentia algo... Acedi... Maldita hora... O gajo entusiasmou-se e toca de enfiar dois dedos, o que me causou desconforto imediato. Apesar de lhe dizer que me estava a magoar e pedir para tirar ele agarrou-me de tal maneira que eu mal me conseguia mexer. E continuou, apesar das minhas queixas. Quando me consegui libertar dele estava (quase) em estado de choque. A brincadeira valeu-me uma fissura anal, que levou mais de um mês a curar...
Portanto escusam de me vir com a conversa de que há mulheres que gostam, para me tentarem convencer...
É uma verdade que há quem aprecie, tal como há as que não gostam mas conseguem suportar a dor...
Eu conheço o meu corpo e não é por ser um requisito que me faria trabalhar mais, que irei o massacrar.
Lembrem-se: eu apenas faço aquilo que gosto. E é isso que faz com que os momentos que passam comigo sejam bons.

Uma pequena ajuda...

Para os meus seguidores mais antigos esta questão não se coloca, mas tenho tido muitas queixas por não ter fotos no blog!!!!! Tem sido recorrente a frase :" Só tens uma e pequenina..."
Para que quem visita o meu blog não ande perdido resolvi dar uma ajudita. :)
Coloquei nos títulos dos posts que têem fotografias essa indicação. Por exemplo: Golden (fotos).

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Por que não avança Portugal?

Todos os dias oiço os zun-zuns dos queixumes relativos à crise (económica).
Mas desde que me lembro que Portugal está em crise... Cride pela falta de sapiência, pela falta de empreendedorismo e excesso de ignorância.
Com a chegada do calor a ignorância parece que aflora... fica mais visível.
No primeiro fim-de-semana com Sol ruma tudo para a praia. Considerando que o Sol ainda está fraco não se preocupam em pôr protector solar, tal como nos dias em que o tempo está enevoado ou porque estáo na sombra do guarda-sol!! Depreendo que não sabem o que são os raios UV, nem o que podem causar... Incrivelmente há quem faça pior... tal como uma colega que, acabada de chegar da praia, me diz que se besuntou toda com óleo Jonhson's "mesmo para torrar"! Abri e fechei a boca sem, no entanto, emitir qualquer som. O que dizer perante a satisfação personificada?
Noutra ocasião vou a casa de uma colega, onde reside com familiares. Quando lhe percebo o intento de acender um cigarro indico que não me importo de ir lá para fora, tendo em conta que há crianças em casa. Responde-me com a maior naturalidade que não é necessário, porque ela atira o fumo para cima e desta forma não atinge os menores! Quedei-me muda. Se esta família não sabe o que é um fumador passivo eu não vou discursar. Parece-me mais proveitoso ir pregar aos peixes...
Como é possível que este povo se mantenha assim?? Que evolução houve afinal desde Viriato?
Onde está o povo de sangue guerreiro e alma de conquistador? Nós que detivemos o jugo de metade do mundo (a outra metade era de Espanha), como passámos de grandiosos a miseráveis?
 (Cont. ... - Nota da autora: por motivos tecnicos relativos ao meu computador pessoal, este artigo será escrito "aos soluços" ;) )

I'm back on track

Olá, olá.... Muitas saudades minhas? LOL.
Voltei finalmente de férias... Bronzeada e completamente fora de forma... É verdade por incrível que pareça tenho tendencia para aumentar de peso no Verão. Por isso preciso de me por em forma, há alguém que se candidate para "personal-trainer"? Terá de prestar duras provas... Eheheheheeh...

sexta-feira, 9 de julho de 2010

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Nas fotos não se vê a cara...

Pois não!! E assim irá continuar... Se em nenhuma das minhas fotos se vê o rosto é por um motivo válido. Eu tenho a minha vida pessoal e privada!

Eu não me vou expor para qualquer pessoa que aceda a algum anúncio ou ao blog. As pessoas que requisitam a minha companhia são discretas, tal como eu. Não nos iremos denunciar caso nos cruzemos socialmente.
O trabalho de acompanhante baseia-se na discrição e é obvio que se a minha face fosse do domínio público isso afectaria terceiros. E não só do foro pessoal. Como se sentiria um cliente discretíssimo que me levasse a um evento, ou mesmo apenas me requisitasse para almoçar? Também se sentiria exposto, com a sensação de que todos saberiam que estava a pagar a minha companhia. Não é nada disso que se pretende. Seria o mesmo que ir a um evento com um vestidinho bem curto e estampado leopardo. Todos os presentes se aperceberiam!! Seria o constrangimento geral.
Claro que fica a questão que muitos colocam: "Mas como sei que me irás agradar? É que a cara para mim é muito importante!"
Então vejamos... sou muita gira, mas sou completamente escandalosa. Falo muito alto, visto-me de forma bastante provocante (não é dificil adivinhar o que faço), não tenho cultura nenhuma. Mas atenção sempre que pestanejo derretes-te todo, afinal sou tão gira... ;) Já que esse pormenor parece que é o mais importante...
Neste meio há certas regras, e embora já haja algumas meninas que mostram a cara isso é uma escolha pessoal delas, e que só as afectará a elas.
Se pretendem ver "o que vão comer" como tantas vezes me dizem, vão a um bar de alterne ou a uma casa onde haja apresentação das meninas. Assim já viram , analisaram e podem escolher conforme os vossos critérios de beleza. Claro que a aparência exterior não vos garante que seja uma pessoa atenciosa, meiga e vocacionada para o cliente. Mas cada um sabe o que pretende...
Para um homem que quer uma pessoa a seu lado e não um corpo, a cara será um complemento. Por norma estas pessoas não querem marcar encontro para "daqui a pouco". Dão-se ao trabalho de conversar um pouco por msn, e-mail e por telefone. Desta forma cria-se empatia, conhecimento da forma de ser e estar da acompanhante pretendida. Não havendo entendimento nesta fase nem o cliente é obrigado a requisitar a companhia da menina, nem ela a aceitá-lo. Sim não temos de aceitar estar com alguém que não nos inspira confiança só porque esse alguém se predispõe a pagar!
Relativamente à minha beleza facial... Como qualquer pessoa tenho dias em que me assusto quando me olho no espelho... LOLOLOL... Mas tenho a perfeita noção que sou bonita. Se não acreditas em mim, nem nos relatos de quem já esteve comigo, é vires ver com os teus prórios olhos... ;)

Pormenores importantes

Ás vezes parece que temos de nos repetir indefenidamente até que a mensagem seja assimilada.
Tal como diz a minha colega Laura :" Blá blá blá, whiskas saquetas, blá blá blá, whiskas saquetas..." Eheheh.
Eu não sou o tipo de mulher que sirva para virem cá "despejar os tomates". Eu exijo respeito, na mesma proporção que o dou a quem vem estar na minha companhia. Mas há ainda muitos homens que não entendem as coisas assim. Não conseguem ver mais longe e perceber que eu (e muitas outras colegas) sou diferente. Que faço questão de ficar na memória como uma agradável companhia, não apenas mais uma boa foda!!
Todos os dias recebo insultos de pessoas que me adicionaram no msn e só falam para isso mesmo. Ou aqueles que lêem o blog para deixarem respostas venenosas. Não gostam? Então porque perdem tempo comigo? Continuem na vossa vida que eu continuo na minha!!
A quem pretende a minha companhia apenas peço: educação, repeito e higiene. O tempo que se está comigo pode ou não ter envolvimento sexual, mas terá sempre concerteza atenção e carinho. São momentos para esquecer o mundo exterior e em que estamos apenas os dois a fazer aquilo que entendermos...
Havendo convívio sexual será sempre normal (oral, vaginal) e protegido.
Para que o momento seja mais discreto é trazer (preferencialmente) o valor acordado dentro de um envelope. Assim evita-se constrangimentos e podemos esquecer o assunto pagamento, passando ao que interessa. :)
Ah... para os mais distaídos: o pagamento deverá ser efectuado nos primeiros instantes.
Eu trabalho apenas por marcação. No horário diurno podem marcar até com 30 minutos de antecedência, se conseguirem saber a vossa agenda com mais tempo melhor. :)
Para deslocações nocturnas há que marcar durante o dia ou, se possível um ou dois dias antes.
Em qualquer dos casos terá de haver a disponibilização de um contacto da vossa parte. Eu não irei ligar ou enviar mensagem, a não ser que me seja expressamente pedido ou em caso de algum imprevisto. Caso o imprevisto seja da vossa parte, agradeço um telefonema ou mensagem pelo menos 30 minutos antes a avisar.
Números anónimos é raríssimo atender. Mas podem sempre dar um toque do vosso número e depois ligar do que está não identificado. Sabendo com quem estou a falar não haverá problema. (Claro que isto implica já ter o número registado no meu telemóvel.)

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Histórias da putaria

Atenção: existem termos que sendo utilizados por quem trabalha no meio não são considerados ofensivos...

Neste nosso mundinho à parte da mais antiga profissão do mundo, existem muitas histórias de vida apenas conhecidas por nós...
Algumas são-nos contadas na primeira pessoa, outras vivenciamos e há também aquelas que giram quase como mitos urbanos... mas que nós sabemos serem verdade....

Comecemos com a história de uma menina africana (não me recordo do país correcto de origem) que pôs uma casa com cerca de 20 mulheres em prantos...
Tem um olhar triste, apesar de meigo, muito sossegada, demasiado em relação às colegas, parece desfasada deste espaço... Bonitinha, vinte e poucos aninhos ainda com jeitinho de menina...
Menina a quem aos 15 anos roubaram a inocência e a alegria de viver...
Sua mãe (sim leram bem!!) levou-a para o puteiro onde ela própria trabalhava. Sob ameaças instruiu a filha para obedecer. Teria de corrobar que eram primas e que a menina tinha 18 anos...
Esta espécie de mulher (sim porque de mãe não lhe podemos chamar!!), sabendo o que reserva este trabalho, mesmo assim, considerou que a vida que ela colocou neste mundo ja tinha idade e corpo suficiente para se pôr a render...

Estou a trabalhar noutra casa... Chega um cliente... Apresentação... Sinto-me desconfortável, não gostei do que vi no olhar deste homem...
Assim que entro na cozinha (o espaço que ocupamos, tendo em conta que há um cliente na sala) digo às minhas colegas: "Não gostei do olhar dele. Tem mesmo ar de porco..."
Entra a recepcionista/telefonista, uma tipa que faz quatro de mim, a contar avidamente o dinheiro. É uma hora. "Ó Sarah tu fazes oral natural não fazes?" Ponho-me em pé de um salto: "Não, não faço. E foi algo que indiquei à dona da casa na entrevista!" Fica toda enxofrada: "Eishhh... Mas eu disse ao homem que em princípio sim, desde que houvesse higiene!" Faço aquela cara de pau como quem diz "Estou-me lixando para isso" e ela percebe que a mim não convence.
Lá convenceu foi o cliente a escolher outra. Uma brasileira, loirinha, muito girinha. E demasiado subserviente para mal dos pecados dela...
Terminado o tempo, e enquanto o cliente se apronta, a loirinha assoma à porta da cozinha para partilhar: " Vocês não imaginam!! O homem tomou banho de língua!! Não foi só o oral natural, ele quis tudo!! Me dizia: Vá agora lambe-me os colhões, agora lambe-me o cú, agora lambe-me as mamas, agora lambe-me as pernas!! Meninas, tou podre!!!" É que o fulano para além de ser grande em altura e em diâmetro, assemelhava-se ao Tony Ramos em termos de pilosidade. Imaginem...

Noutro dia, no mesmo espaço. Chega um cliente que segundo nos é indicado, pertence ao fórum GP. O nervosismo instala-se. Lá vai uma de cada vez,a rebolar o melhor que sabe, dar os dois beijinhos da praxe.
É escolhida uma brasileira (também loira), uma boneca a miúda. Claro que antes de entrar para o quarto a dona da casa lhe indicou para tratar muito bem este cliente...
O que acontece é que os homens que participam deste fórum fazem postagens dos seus encontros. E há um grande receio por parte das acompanhantes (nem todas, mas uma boa fatia) de serem mal faladas. Pode significar uma perda significativa de volume de clientes. Claro que o que se pretende é o inverso: ser muito bem falada, para que os outros leiam e venham experimentar!! Logo, há alguns que abusam deste "estatuto" que serem foristas lhes dá... Foi o caso...
Já não me recordo quanto tempo massacrou a miúda, mas para ter um final em grande, fê-la deitar-se e ejaculou para cima dela da cabeça aos pés. Incluindo a cama e até o chão. Sei que há mulheres que gostam, e não coloco isso em causa. Mas esta não... Sentiu-se mal, usada, como se não servisse para mais que aquilo... E este tipo de homem parece que tem olho, para estas meninas que ainda têem alguma inocência e acabam por se sujeitar...

Tenho um quarto alugado. Somos três mulheres na casa. Cada uma tem o seu quarto e atende os seus clientes.
Um dia uma chama-nos. Recebeu uma mensagem perturbante de uma outra colega, que anunciava no mesmo site que nós. Havia sido assaltada e estava a avisar todas as acompanhantes independentes.
Ao que soube esta colega trabalhava sozinha no seu apartamento. Recebe uma marcação, de número identificado!!! Na hora marcada aparece o cliente: um homem bem parecido, loiro, na casa dos trinta. Vestia fato e sobretudo. Apenas estranhou ele não trazer nem pasta, nem chaves, nem carteira na mão. Os homens andam sempre com tudo na mão!! LOL. Mas passou, tendo em conta que nada no seu aspecto exterior evidênciava perigo. Encaminha-o para o quarto. Por um instante virou-se de costas... foi o suficiente... assim que se volta para ele de novo tem uma arma apontada. Fica petrificada, enquanto ele lhe exige o dinheiro que ela tenha. Pode-se dizer que ela até teve sorte, tendo em conta que não foi agredida...
Com isto a rapariga que gere  a casa, se bem que também trabalha, lembra-se de uma menina que já lá tinha trabalhado e lhe aconteceu uma situação idêntica.
Foi na conversa de receber apenas no final do convivío. Resultado: o fulano tem o desplante de lhe dizer: "Não tenho dinheiro para pagar. E agora?" Mas com um tremendo ar de gozo estampado no rosto. E continua: " Eu tenho dois amigos lá em baixo assim como eu (ele era grande e musculado) que sabem perfeitamente onde eu estou, o número do prédio e o andar inclusive. E se não me virem sair até determinada hora, eles entram por aqui dentro." A mocita não teve outro remédio senão deixá-lo ir. Se as ameaças eram verdadeiras ou não... Isso só ele saberá...

Não sei se têem noção mas há algumas colegas que põem em risco a sua vida e a vossa (homens), fazendo tudo ao natural.
Em conversa com um cliente, ele recorda-se de uma situação ocorrida em Leiria. Uma senhora que fazia tudo ao natural e quando morreu de complicações derivadas à infecção pelo HIV foi o escândalo!!! Andavam os velhinhos todos cheios de medo, segundo palavras dele. Parece que até foi notícia na televisão...
Situação idêntica aconteceu no Algarve. Uma acompanhante novinha, na casa dos vintes, sempre fez o oral ao natural sem qualquer problema. Até que numas análises de rotina descobre que estava infectada com o vírus do HIV. Chorou tudo o que tinha para chorar. Mais tarde ela descobriu quem foi o sacana que sabendo perfeitamente que estava doente a deixou confiar... Mas neste momento ela toma uma decisão: vingança. Anuncia que irá fazer tudo ao natural. Clientes não lhe faltam. Tem a esperança de infectar todos para que aprendam a lição. Ela já nada mais tem a perder, os seus dias estão contados. E se é ao natural que querem (porque sabe melhor) assim o terão... Apenas houve um cliente a quem ela contou e fez usar o preservativo. O único que ela sentiu que sempre a respeitou... A menina já faleceu, mas a memória da sua história aqui fica...

domingo, 4 de julho de 2010

Imitação

Sabem... Apesar de eu ser um pouco impulsiva, ponderei antes de esrever este post...
Há uns meses o administrador de um site de acompanhantes contactou-me por msn para que eu anunciasse no seu espaço. Fui ponderando, espreitando o site, vendo quem estava lá a anunciar, o layout, etc..
Às tantas deixa de insistir para que eu anuncie. Pensei que se tinha convencido que teria de esperar que eu me convencesse... Afinal, a realidade era outra bem diferente!!
Em conversa descubro que ele pensa que eu já sou anunciante!!!! Eu sei que sou distraída mas não tanto!! Que mistério é este??!!
Envia-me então o link... www.acompanhantes18.net/sweetsara.html  
Fiquei pasma!!! Que falta de imaginação, que falta de ética, que falta de chá!!!
É que alguma vez aquela tipa é parecida comigo??? Não estive com meias medidas: anunciei no site também!! Ora!!!
E a imagem que insiro abaixo é mensagem directa para essa tipa!!!


Casais???

Tenho mesmo de abordar esta questão, embora seja um pouco delicada.
Mas são tantas as solicitações que me vejo na obrigação de o fazer...
Muitas vezes já referi, que apesar de trabalhar como acompanhante não faço qualquer coisa por dinheiro!! Tenho as minhas limitações e que devem ser respeitadas.
Eu sou heterosexual a 100%.  Não sinto qualquer desejo sexual por mulheres.
Já fui contactada por diversos casais, cada qual mais simpático que o anterior. :) Sério. Pessoas de mente aberta que gostam de apimentar a relação com um terceiro elemento.
Eu não tenho qualquer questão em ter uma mulher na mesma cama que eu... desde que não me peçam para "estar" com ela... É algo muito intímo e é uma experiência que deve ser prazerosa para todos...
Por isso deixo aqui firmado: não atendo casais...

terça-feira, 29 de junho de 2010

O cérebro do homem

Lei de Mercado

Como todos sabem vivemos numa economia de mercado e não de subsistência, se bem que seria engraçado pagarem-me em couves e galinhas. LOL! Com o acentuar do desemprego e a crise económica a nível mundial o mercado das acompanhantes sofreu um "boom". Houve um exponencial aumento da oferta e subsequentemente uma baixa dos valores praticados.
Mas a que preço?...
Basta abrir qualquer jornal diário para nos depararmos com inúmeros anúncios de meninas, mulheres, senhoras (havendo também homens e travestis abordarei esse assunto mais tarde) a oferecerem os seus préstimos em troca de uma "lembrancinha".
Sinto-me deveras deprimida ao ler estes anúncios... Há valores a partir dos 10€ por uma relação...
Onde está a dignidade destas mulheres? Onde está a dignidade dos homens que acham este valor justo e/ou aceitável para usufruirem do corpo de uma mulher??
Este tipo de oferta veio minar o mercado, ou seja, há muita oferta mas pouca qualidade.
E o bom do "tuga" quer tudo, entenda-se oral ao natural (preferência até ao final), vaginal e anal, pelo menor preço possível. Ah..e muito importante: com uma gaja boa!! Se bem que este último pressuposto deixa de ter tanta importancia desde que a menina cumpra os requisitos anteriores... Vistas e tidas como meros invólucros... É este tipo de pessoas que valores baixos atraem...
Acredito que estas colegas atendam muito mais clientes por dia que eu... Mas será que se recordam do nome? Duvido...Foi mais uma nota de 20€ que entrou no bolso... São autênticas linhas de montagem... Sim porque não esperem atendimento personalizado por valores destes!!! Convenhamos, vão ali dar uma queca (a despachar) e adeus...
As novatas neste meio por norma entraram por uma de duas razões:
- ficaram desempregadas e teem de pagar contas na mesma...
- são ambiciosas e pensam que neste meio farão dinheiro rapidamente e sem grande esforço...
Ora qualquer uma faz pesquisa de mercado e naturalmente apercebe-se de um "gap" de valores... entre as de 10€, 20€, 30€ e as de 100€, 200€, 300€...
A decisão...
Haverá as que dizem para si mesmas que valem pela sua companhia, inteligência, cultura... E terão de ter muita força para aguentar esta posição perante o mercado que se apresenta...
E haverá as que pensam que mais vale jogar pelo seguro, precisam é do dinheiro e a 20€ garantidamente irão trabalhar...
E se todas fizéssemos um valor minimo? Digamos 50€ por exemplo... E nenhuma menina baixasse... Sabem o que aconteceria? Os homens continuariam a vir estar connosco...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

My music

A explicação da Odisseia Feminina de ir em grupo à casa de banho!

(Este texto não é de minha autoria. Foi-me enviado por email. Apesar de não se enquadrar no assunto principal do blog, não pude deixar de partilhar algo, que por ser tão verdade, me faz rir até ás lágrimas. Beijos doces)




SÓ MESMO UMA MULHER PARA COMPREENDER A SAGA DA MULHER NUMA CASA DE BANHO PÚBLICA.....



MAS, QUEM SABE(?) A PARTIR DE AGORA OS HOMENS DEIXEM DE SE QUESTIONAR DE UMA VEZ POR TODAS?!



................................................



*Por que é que as mulheres demoram tanto tempo quando vão à casa de banho?*



O grande segredo de todas as mulheres a respeito da casa de banho é que, quando eras pequenina, a tua mamã levava-te à casa de banho, ensinava-te a limpar o tampo da sanita com papel higiénico e depois punha tiras de papel cuidadosamente no perímetro da sanita.



Finalmente instruía-te: "nunca, nunca te sentes numa casa de banho pública!"



E depois ensinava-te a "posição", que consiste em balançar-te sobre a sanita numa posição de sentar-se sem que o teu corpo tenha contacto com o tampo.



"A Posição" é uma das primeiras lições de vida de uma menina, importante e necessária, que nos acompanha para o resto da vida. Mas ainda hoje, nos nossos anos de maioridade, "a posição" é dolorosamente difícil de manter,

sobretudo quando a tua bexiga está quase a rebentar.



Quando *TENS* de ir a uma casa de banho pública, encontras uma fila enorme de mulheres que até parece que o Brad Pitt está lá dentro. Por isso, resignas-te a esperar, sorrindo amavelmente para as outras mulheres que também cruzam as pernas e os braços, discretamente, na posição oficial de "tou aqui tou-me a mijar!".



Finalmente é a tua vez! E chega a típica "mãe com a menina que não aguenta mais" (a minha filhota já não aguenta mais, desculpe, vou passar à frente, que pena!). Então verificas por baixo de cada cubículo para ver se não há pernas. Estão todos ocupados.



Finalmente, abre-se um e lanças-te lá para dentro, quase derrubando a pessoa que ainda está a sair.



Entras e vês que a fechadura está estragada (está sempre!); não importa...



Penduras a mala no gancho que há na porta... QUAAAAAL? Nunca há gancho!!



Inspeccionas a zona, o chão está cheio de líquidos indefinidos e fétidos, e não te atreves a pousá-la lá, por isso penduras a mala no pescoço enquanto vês como balança debaixo de ti, sem contar que a alça te desarticula o pescoço, porque a mala está cheia de coisinhas que foste metendo lá para dentro, durante 5 meses seguidos, e a maioria das quais não usas, mas que tens no caso de...



Mas, voltando à porta... como não tinha fechadura, a única opção é segurá-la com uma mão, enquanto com a outra baixas as calças num instante e pões-te "na posição"...



AAAAHHHHHH... finalmente, que alívio... mas é aí que as tuas coxas começam atremer... porque nisto tudo já estás suspensa no ar há dois minutos, com as pernas flexionadas, as cuecas a cortarem-te a circulação das coxas, um braço estendido a fazer força na porta e uma mala de 5 quilos a cortar-te o pescoço!



Gostarias de te sentar, mas não tiveste tempo para limpar a sanita nem a tapaste com papel; interiormente achas que não iria acontecer nada, mas a voz da tua mãe faz eco na tua cabeça *"nunca te sentes numa sanita pública"*, e então ficas na "posição de aguiazinha", com as pernas a tremer... e por uma falha no cálculo de distâncias, um finííííssimo fio do jacto salpica-te e molha-te até às meias!!



Com sorte não molhas os sapatos... é que adoptar "a posição" requer uma grande concentração e perícia.



Para distanciar a tua mente dessa desgraça, procuras o rolo de papel higiénico, maaaaaaaaaaas não hááááá!!! O suporte está vazio!



Então rezas aos céus para que, entre os 5 quilos de bugigangas que tens na mala, pendurada ao pescoço, haja um miserável lenço de papel... mas para procurar na tua mala tens de soltar a porta... ???? Duvidas um momento, mas não tens outro remédio. E quando soltas a porta, alguém a empurra, dá-te uma trolitada na cabeça que te deixa meio desorientada mas rapidamente tens de travá-la com um movimento rápido e brusco enquanto gritas OCUPAAAAAADOOOOOOOOO!!



E assim toda a gente que está à espera ouve a tua mensagem e já podes soltar a porta sem medo, ninguém vai tentar abri-la de novo (nisso as mulheres têm muito respeito umas pelas outras).



Encontras o lenço de papel!! Está todo enrugado, tipo um rolinho, mas não importa, fazes tudo para esticá-lo; finalmente consegues e limpas-te. Mas o lenço está tão velho e usado que já não absorve e molhas a mão toda; ou seja, valeu-te de muito o esforço de desenrugar o maldito lenço só com uma mão.



Ouves algures a voz de outra velha nas mesmas circunstâncias que tu "alguém tem um pedacinho de papel a mais?" Parva! Idiota!



Sem contar com o galo da marrada da porta, o linchamento da alça da mala, o suor que te corre pela testa, a mão a escorrer, a lembrança da tua mãe que estaria envergonhadíssima se te visse assim... porque ela nunca tocou numa sanita pública, porque, francamente, tu não sabes que doenças podes apanhar ali, que até podes ficar grávida (lembram-se??).... Estás exausta! Quando páras já não sentes as pernas, arranjas-te rapidíssimo e puxas o autoclismo a fazer malabarismos com um pé, muito importante!



Depois lá vais pró lavatório. Está tudo cheio de agua (ou xixi? lembras-te do lenço de papel...), então não podes soltar a mala nem durante um segundo, pendura-la no teu ombro; não sabes como é que funciona a torneira com os sensores automáticos, então tocas até te sair um jactozito de água fresca, e consegues sabão, lavas-te numa posição do corcunda de Notre Dame para a mala não resvalar e ficar debaixo da água.



Nem sequer usas o secador, é uma porcaria inútil, pelo que no fim secas as mãos nas tuas calças - porque não vais gastar um lenço de papel para isso - e sais...



Nesse momento vês o teu namorado, ou marido, que entrou e saiu da casa de banho dos homens e ainda teve tempo para ler um livro de Jorge Luís Borges enquanto te esperava.



"Mas por que é que demoraste tanto?" - pergunta-te o idiota.



"Havia uma fila enorme" - limitas-te a dizer.



E é esta a razão pela qual as mulheres vão em grupo à casa de banho, por solidariedade: uma segura-te na mala e no casaco, a outra na porta e a outra passa-te o lenço de papel debaixo da porta, e assim é muito mais fácil e rápido, pois só tens de te concentrar em manter "a posição" e *a dignidade*.





Obrigada a todas por me terem acompanhado alguma vez à casa de banho e servir de cabide ou de agarra-portas! Passa isto aos desgraçados dos homens que sempre perguntam "querida, por que motivo demoraste tanto tempo na casa de banho?" ... IDIOTAS!







ENTENDES AGORA???



Calma e um grande sorriso

Eu não sou submissa!!!

Por incrível que pareça ainda me cruzo, frequentemente, com pessoas com uma mentalidade retrogradíssima!!! São incapazes de me ver como acompanhante. Para estes seres sou puta e puta serve para servir e satisfazer fantasias!! Pois.... Enganaram-se na porta!!
Consideram que tenho de lhes responder às questões de cabeça baixa, mas com a avidez de quem só pensa em dinheiro e que por ele fará qualquer coisa.
Eu sou mais do que um corpo com um valor associado.
Ultimamente remeto as pessoas para o blog, porque nem sempre os próprios sabem o que pretendem. E como tenho várias vertentes: massagem, convivio, acompanhamento... Prefiro que leiam e depois me digam o que pretendem efectivamente ou que questões ficaram.
Por outro lado, aproveitam para me conhecer um pouco melhor lendo alguns posts.
É que se não apreciarem a minha maneira de ser e de estar, já ficam esclarecidos, e escusam de aparecer...
Quem vem estar comigo já sabe, não faço nada que não me agrade sejam lá quais forem os valores em questão.
E quero apreciar e ser apreciada...

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Detesto....

*Pessoas com a PDM (P... Da Mania)
*Gajos mal educados que me perguntam: "Como fodes?" ou "Que tipo de sexo fazes?" , e ainda ficam espantados porque nem lhes respondo...
*Quem me vem com a treta da conversa : "Quero ser teu amigo, apenas..". Pois sim...A amizade não se impõe, acontece, constrói-se... E amigo ou não pagas na mesma!!
*Que duvidem que as fotos que exponho são minhas... Eu não pratico publicidade enganosa, seria contraproducente!!!
*Que me venham a velha história : "Há ali uma colega tua que tem valores bem mais em conta..!". E eu com isso?????? Há gajas no jornal a 20€, eu não sou nenhum carneiro para seguir em manada!! E também há colegas que têem valores mais elevados... Dessas já ninguém se lembra...
*Aqueles que acham que assinei algum contrato de exclusividade e que só estarei a falar com eles no msn... Ou seja, fartam-se de dar toques (acção à qual tenho um ódio mortal..), ofendem-se por não terem resposta imediata!! Mas que é isto!!!
*Que me falem de forma obscena. Lá porque sou acompanhante não significa que desça de nível nas minhas conversações... Respeitem-me se querem que me mantenha doce...

sábado, 19 de junho de 2010

Telefonemas absurdos

Por vezes recebemos telefonemas em resposta aos nossos anúncios que são uma autêntica comédia.
Eu tenho plena consciência que por vezes há quem leve por tabela, porque eu já havia perdido a paciência com figuras!!!
Uma vez apercebi-me que um fulano já me tinha ligado a pedir informações (há vozes muito características), à segunda pareceu-me que talvez fosse (tendo em conta que ligava de número anónimo), à terceira tive a certeza, à quarta ja estava a bufar, mas continuei a dar as condições... à quinta vez explodi: "Olha lá, já me ligaste 5 vezes!! Já chega!!" E disse isto em voz bem alta...ahahahahaha... O tipo encolheu-se e não ligou mais. Senti-me mesmo bem. Mas quando comentei com uma colega ela esclareceu-me que há tipos destes que vão ligando ao longo do dia para ver se a menina baixa os valores!!!!
Tive uma situação com um velho que nem sei bem como classificar!!! Estava a trabalhar numa casa com mais 3 colegas. Qualquer uma de nós atendia o telefone da casa. Calhou ser eu!! Sei que era um velho pela voz e que me faz as perguntas da praxe: "Quantas são? Como são? São completas?" Lá lhe respondi que eramos 4 amigas, novinhas e elegantes...E que sim havia meninas completas. Pergunta as idades... Disse que tinhamos entre 20 e 24... ( tanga...mas se disser a um gajo que viu anúncio no jornal que tenho 28 irá achar que tou velha..eheheheh). A resposta foi a mais inesperada: "Ahhh... Então estão numa boa idade para empurrar o cocó para dentro." Eu quase que chorei a rir. Já só conseguia responder que sim ao velhote. XD
Claro que também há situações que não teêm piada nenhuma... Muito no início recebo um telefonema de um tipo (que agora sei) já era muito batido nestas lides. Num tom muito arrogante pergunta valores, tempos serviços. Quando lhe respondo que o oral é com preservativo e que não faço anal. O gajo vocifera: "Mas então o que é que tu fazes?" Por um instante fiquei sem resposta. Ainda tive forças para ter com aquele ser uma valente discussão sobre doenças sexualmente transmissíveis. Mas ele não se dava por vencido, via-me como um mero invólucro para se satisfazer. Acabei por passar o telefone à minha colega que fazia os serviços que ele pretendia, embora a contragosto dele. É que no ver dele, como foi de mim que ele gostou eu era obrigada a estar disposta a satisfazer os pedidos dele. Enfim um perfeito animal...

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Mini- Férias

Como o tempo passa a correr :). Nem me tinha apercebido da data em que nos encontramos.
Sendo assim vou fazer umas mini-férias ao algarve entre 23 (dia de partida) e 27 de Junho (dia de volta).
Havendo interessados que estejam por terras algarvias contactem-me. Veremos... ;)

terça-feira, 15 de junho de 2010

Horários e local de atendimento

Olá, mantenham-se atentos a este post, já sabem que eu não páro sossegada ;) e por isso mesmo é provável que sofra alterações. :)
Ora bem, de momento estou a mudar-me para Odivelas - Sto António dos Cavaleiros. Mais propriamente na Qta do Almirante.
Nesta fase de mudança e instalação o espaço ainda está um pouco nuzinho... mas não se preocupem que o vestirei com todo o carinho para que se sintam num espaço aconchegado e àparte do mundo outside...
Em termos de horários: 2a a 6a das 10h as 18h.
Apenas com marcação.

Assim que possível coloco aqui um Google map para não se enganarem no caminho.. ;)

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Eu sou...

Eu sou uma menina-mulher
Eu sou muito carinhosa
Eu sou elegante
Eu sou divertida
Eu sou boa conversadora
Eu sou boa ouvinte
Eu sou malandreca
Eu sou aquela que procuras...

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Delirius Azuis

Este post foi escrito pelo pedido/desafio do próprio interveniente.

Começámos a conversar pelo msn. Calmo e educado, nunca reclamou da minha falta de tempo para dar uma resposta atempada. :)
Completamente desconhecedor do meio das acompanhantes, foi colocando as suas questões.
Com o tempo o bichinho da curiosidade apossou-se dele. Apesar de ser atraente e não ter qualquer necessidade de requerer a minha companhia, expressou o desejo de ter essa experiência.
Acertá-mos disponibilidades e escolhemos local. Na data combinada e com algum atraso da minha parte (defeito de fabrico..LOL) apanhou-me em frente ao Colombo. Seguimos para o Delirius em animada conversa. Chegámos. Ficamos quase no último quarto. Volta turística ao motel. Ehehehe...
No quarto... finalmente ;)Vou tomar o meu duche. A água bem quente a escorrer pelo corpo, hmmm, está-me a saber tão bem. Mas não posso ficar aqui o dia todo. :) Fresquinha de fresco enfio-me no corpete (após uma lutazita com os colchetes :D) e nas meias de liga. Tudo a estrear, uma atençãozita de que fiz questão. :)
Ao retornar ao quarto já está de boxers a aguardar a sua vez para o duche. :)
Acendo uma velinha e fico a observar-me no espelho, a treinar possíveis poses para futuras sessões fotográficas. Terminado o duche sai já desnudo!! Atrevidote, lol (desta não estava eu à espera!!).
Senta-se ao meu lado, na orla da cama e questiona que se faz agora, tendo em conta que é novo nestas lides. "Ficamos aqui sentados a ver a hora passar."- Retorqui. (Duvido que esta pegue mas há que tentar. XD) Não pegou mesmo, quando dou por mim estou envolvida nos seus braços. Proponho uma massagem, tendo em conta que se tinha queixado de dores nas costas.
Deita-se de barriga para baixo enquanto espalho óleo de amêndoas doces pelo seu corpo... nem consegui terminar a massagem! Dou por mim deitada com ele a acariciar-me as pernas enquanto tira lentamente as meias de liga. Aproveita para me massajar as pernas e não só... Tem um toque suave, e vendo que eu estava disponível afasta suavemente o string para o lado.
Começo a sentir a sua língua, retraio-me um pouco porque é uma zona sensível e nunca sei o que esperar, mas logo relaxo e me deixo levar...Em poucos instantes descobriu os meus pontos... :) Deixei-me ir nesta onda de prazer sem me preocupar com mais nada. Até que fiquei em ponto de rebuçado e achei que era hora da vingança. Ataquei-o como se não comesse nada há semanas. Pelos gemidos e expressões sei que surti o efeito desejado...
Mas tanta gulodice deu-me fome... sugeri um 69 que foi aceite prontamente...
A partir daqui a memória ficou um pouco turva.. :D
Recordo-me que foi realmente intenso, mas não me peçam pormenores..Eheheheh....
Terminámos de gatas, ele em pé e eu a beira da cama... Com frases gemidas: "Se continuas a mexer-te assim não me vou aguentar muito mais!!" Estava eu já numa fase em que até ouvia, mas já não processava nada!!! Terminado, fiquei estendida na cama... Uns bons 15 minutos... Quando me tentei levantar para tomar o meu duche foi uma perna a pedir licença à outra para se mexer. LOLOL...
Enfim, posso dizer que este é um adversário à altura. ;)

domingo, 23 de maio de 2010

Hoje estou triste...

Sinceramente, nunca pensei utilizar este blog para desabafar desta forma. Mas estou deveras chocada. O que me impele a fazê-lo...
Quem me conhece sabe que sou um pouco distraída, o que leva a que, neste caso, nem sempre verifique que tenho novos comentários nos posts do blog.
Um pouco por ingenuidade e por crença na liberdade de expressão deixei os comentários livres, sem moderação... Sabia perfeitamente que haveria a probabilidade de alguém escrever algum comentário menos abonatório. Mas não se agrada a gregos e troianos.
Tal como previ aconteceu, e esse comentário foi imediatamente rebatido por quem efectivamente me conhece. Mas não apagado. Achei que lá deveria ficar para demonstrar que não temo este tipo de comentários.
Claro que nada me preparava para o que aconteceu...
Várias pessoas, ou uma fazendo-se passar por mais, escreveram insultos, judiarias, entrando até na minha esfera pessoal... Afirmaram que eu tinha uma data de filhos... de clientes!!! Imagine-se!! Um dos intervenientes afirmava que um até poderia ser seu!! Fiquei para morrer. Sei bem o que faço!!
Tenho de admitir que já tenho a pele um pouco dura, este meio assim o obriga, mas esta desarmou-me. Chorei de angustia, tristeza.... Sinto que não merecia um golpe tão baixo. Obviamente que corri o blog todo e apaguei estas mensagens...
Lição aprendida... Quando questionarem :"Como te chamas?". Resposta:"Sarah"..."Ah..mas..."...Não há espaço para "mas..". Habituem-se....Sarah..e ponto final....

sábado, 1 de maio de 2010

Dia do Trabalhador

Hoje neste 1º de Maio deparei-me com uma notícia que me chamou a atençao:

"Prostitutas portuguesas participam pela 1a vez no 1º de Maio

As prostitutas portuguesas vão manifestar-se neste 1º de Maio, em Lisboa, juntamente com outros trabalhadores do sexo que reclamam melhores condições laborais, de saúde e de segurança. Prometem ir para a rua com cartazes e chapéus de chuva vermelhos e manifestar-se, entre o Martim Moniz e a Alameda, no 1º de Maio, em Lisboa. "

Fonte: www.sapo.pt

A notícia incide sobre as trabalhadoras de rua essencialmente e recolhe algumas opiniões das mesmas sobre condições de trabalho e a manifestação.
Esta vontade de evolução de algumas pessoas não reflecte a nossa sociedade hipócrita!
Acredito veemente na boa vontade de quem lança o apelo para que nós que trabalhamos com sexo reclamemos direitos, mas.... é preciso ter muita coragem e nada a perder para nos expormos de tal maneira! Uma manifestaçao reúne centenas de pessoas, encontramos sempre alguém conhecido. É um facto. Eu não tenho problemas com o trabalho que faço mas sei perfeitamente como funciona a mentalidade portuguesa. Por muito que sinta que também é a minha causa, não posso andar em plena avenida com um chapéu de chuva vermelho que me identifica como fazendo parte daquele grupo específico!
Esta é uma profissão que não gera consenso... há pessoas que me respeitam e há aqueles que me desprezam. Lido com isso todos os dias. Eu tenho essa capacidade mas não posso impor a quem faz parte da minha vida pessoal que também a tenha. Sou obrigada a viver uma semi-clandestinidade, uma vida dupla, para proteger aqueles que gosto dos ataques da sociedade. Infelizmente é assim e admiro todas as que participarem na manifestação. Em pensamento também estarei lá.....

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Menu de Valores....

Devido a inúmeros pedidos de que indicasse por escrito os valores que pratico (e tendo em conta que também me poupa tempo..:) ), irei discriminar abaixo as possibilidades que vos aguardam... ;)
Como sabem trabalho essencialmente com massagens e convívio:

Massagens:

- Massagem relaxante Duração: cerca de 30 min 40 €
- Massagem erótica Duração: cerca de 30 min 40 €


(Nota: as massagens não incluem convívio)

Convívio:

- 20 min (tolerância 5 min) 40 €
- 30 min (tolerância 10 min) 60 €
- 1 hora (tolerância 10 min) 100 €

(Nota: o convívio pode incluir massagem)

Como devem ter reparado incluí uma nova "modalidade". Muitas vezes me pedem para fazer desconto por este ou aquele motivo. Como sei que há espaços que praticam este tempo (os 20 min) resolvi aceder desta forma. Não baixo os meus valores habituais, mas incluo uma vertente mais económica no valor, mas com com o tempo adequado a esse mesmo valor.

Para acompanhamento a eventos, jantares contactem-me para analisar a situação.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Uma pequena partida...

Quem me conhece sabe que tenho um humor ligeiramente sarcástico... e que gosto de pregar umas partidas...Ehehehe...
O meu msn tem alguns nabos com muita rama..lol... e este mereceu o que teve.
Entra e pergunta se eu que ele ligue a webcam para eu ver uma coisa boa que ele tem para mim. Já andava bastante farta das conversas deste tipo... Por isso pedi a uma colega (travesti) para se fazer passar por mim. :D
As camaras ligadas... E ele começa a elogia-la, diz que é gostosa. Questiona se pode ver um pouco mais... Quer ver os peitos... Como a minha colega não é parva e me tem ao lado, sabe perfeitamente que pode responder à letra. Manda-o mostrar o pau. Mas o crómito quer que o faça ficar teso 1o!!!!!!!!! LOLOLOLOL!!!!! Entretanto as cam sao deligadas. Ela aproveita para esclarecer que é travesti. Mas o fulanito não se deu por vencido!! Pergunta directamente:"Mas tens pau é?" Resposta afirmativa. Ele continua:"Bem, mas se disseres que me mostras as tuas mamas..." Oh sim...(AHAHAHAH...A partir daqui a conversa descambou!!!)"Hmm... Antes de ligar podes-me falar de sexo para imaginar e mexer nele para ficar teso?" A minha colega diz-lhe que terá de efectuar uma tranferência bancária de 2000€. XD Fica todo enxofrado, porque queria ver e fazer sem pagar. É nesta altura que lhe revelo que para não ser esperto pedi a uma amiga para se fazer passar por mim. Ainda tenta dar a volta, pede para que eu me mostre para ele ver se eu valho a pena, pode ser que considere pagar qualquer coisa pelo visionamento da webcam. Tenho de admitir que descaramento não lhe falta. obvio que como não tinha mais nada para dizer, partiu para os insultos... 1º para a travesti... Em seguida para mim... Até que finaliza com esta pérola:"Fodo quase todos os dias com várias e não pago boi. Felicidades lá com a vida de puta que fode com qualquer um. Xau." Por esta altura já tinha mais uma colega connosco. Távamos as três em brasa. Então com minha autorização a terceira escreveu esta resposta: "Fode qualquer um que tenha dinheiro. Como tu não tens um caralho fodes com a tua mão. Com essa cara de boi deves foder com muitas... Muitas gajas com idade para ser tua avó e quase a faltar-lhe um dente. Mas como é disso que a malta gosta... Vai lá à tua vida insignificante e parva. Atentamente a gaja que fode com muito gosto... e por dinheiro..."
Esta lavou-me a alma...LOLOL... Eu não sou tão directa como esta colega, mas posso dizer que ela falou por mim também. Um miúdo que parece que levou com uma tábua no focinho... A ser arrogante e ofensivo... Teve o que mereceu... :D

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Zona de TD'S

Decidi fazer este post para que quem já esteve comigo e queira deixar a opinião, o possa fazer de uma forma mais organizada.
Inspirei-me num conhecido Fórum para este título. :) TD significa Test Drive. XD
Sei que tenho alguns comentários espalhados pelo blog. E assim já têem um espaço próprio para o efeito. :)
Beijinhos doces

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

WD- Women's Desire





Produtora de vídeos para Adultos.


Qualquer pessoa/casal pode usufruir dos nossos serviços.


Erotismo, beleza, sensualidade e personalidade caracterizam todos aqueles que farão parte das nossas produções.


Poderão optar por duas vertentes: pública ou privada.


Pública: Tratamos da produção, filmagem e retantes pormenores, com a maior discrição. Posteriormente o filme será vendido a uma agência televisiva.


Privada: Se o casal pretender ter uma recordação e não ter as suas imagens divulgadas. Neste caso será efectuado um orçamento prévio, que sendo aceite será pago após a realização do filme.


Chegou a altura de mostar que em Portugal também sabemos trabalhar.


Informações de contacto: sarahsweet.escort@gmail.com

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Perguntas idiotas

Todos os dias levo com as perguntas mais incríveis, que obviamente me irritam solenemente. E quem as faz não percebe porque não lhe respondi mais, ou respondi torto.
Creio que a pior de todas é a :"Como te chamas?". Sim isso mesmo!!! Por incrível que pareça é recorrente!! É que o meu nome está no mail, no msn... Não é para perceber!! Ou a versão :"Quem és?". Esta gente adiciona sem eira nem beira e depois nem sabem quem adicionaram ou porquê!!
Tendo em conta que o meu msn é concorrido eu não tenho tempo, nem paciência (é uma verdade), para conversas de café... Eu explico :) Normalmente a conversa inicia com um cumprimento. Tento sempre retorquir. O pior é o que se segue... :"Tudo bem?". Se tiver sem tempo ficam pendurados já aqui, se não, por norma, respondo com um smile. Segue-se a pergunta fatídica...:"O que é que tás a fazer?". Já para começar odeio esta pergunta!! Dá-me logo vontade de responder: "Mas o que é que tens a ver com isso?!". É que se estou no pc, estarei a fazer o quê??????? Alguém me explica o sentido desta frase?? É simplesmente absurda!! Ou seja, ficam a falar com o ecrã.... Falando em absurdices basta raciocinarem ligeiramente para não efectuarem a seguinte questão:"Sarah é mesmo o teu nome, ou é de trabalho?" Please!!! Helloooo!!! Vida dupla... diz-vos algo???
Mas também há aquelas perguntas que são uma absoluta falta de respeito... "Como corre o negócio?"; "Trabalhaste muito hoje?"... ou algo do género. É que são questões com as quais ninguém tem a ver!!! São insultos... E a quem entra a matar com estas, nem me digno a dar cavaco...Eu não ando a comentar o meu trabalho por aí... E muito menos com um fulano qualquer do msn que nunca vi na vidinha!! É mesmo não ter nada para fazer!! E falam das velhas!! XD
Ou quando respondo que "não" a algo que me solicitaram e questionam "Mas porquê?". Só me apetece mandá-los para alhos e bugalhos. Será que acreditam mesmo que após eu ter definido que a minha posição é NÃO, me conseguirão convencer com conversetas e/ou ofertas?
Pensem bem...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Prostituta ou Acompanhante?

Este tema parecia-me já tão batido que pensei nem ter de falar nele. Mas tendo em conta que as dúvidas e equívocos persistem, irei debruçar-me sobre este tema.
Há deveras muitas prostitutas que se entitulam de acompanhantes, é um nome mais pomposo.LOL. Eu também prefiro definir-me como escort.
Ninguém acorda um belo dia e decide ser acompanhante de luxo. Há demasiados trâmites que quem não está inserido no meio desconhece. Ou pensavam que era colocar um anúncio e já está?? Nanana... :)
Qualquer uma de nós começa por baixo, ou seja, numa casa de outrém já montada e organizada.
Neste ponto somos prostitutas, a qualidade depende da qualidade da casa. Soube pelas minhas colegas que existem casas medonhas. Em que o lençol é para durar uma semana, não há água quente... mas têem um movimento de homens incrível!! Enfim... Para quem lá vai apenas interessa que é barato e que tem alguém que abre as pernas...
Mas mesmo quem vai a uma casa de luxo, em que há sempre lençóis e toalhas lavados, procura quase sempre apenas um serviço. E realmente é a isso que estão acostumados (ensinados diga-se de passagem :D). A ter alguém que partilha o corpo com eles em troca de um valor. Não reclamam por mais, porque desconhecem que mais possa haver... Há mulheres lindíssimas que apenas valem o corpo, a imagem... e na cama são frias, desinteressadas de com quem estão... Estas por norma não têem evolução, não atingem o patamar seguinte.... tornar-se acompanhante... E nem sequer o almejam... São veramente prostitutas... É que até podemos ver mal, mas captamo-las à distância... :D
Como é que eu tive consciência de que tinha mais para oferecer do que o corpo? Pelos clientes... pelos comentários que me faziam e questões que colocavam... Apercebi-me que dar atenção, interessarmo-nos pela pessoa em si, pelo que faz, não era algo comum... embora para mim seja intrínseco... De repente como que acordei e tomei consciência de mim mesma. De que não era apenas um corpo para ser utilizado, mas sim uma companhia agradável... :) Percebi que me podia impor e não submeter... Percebi que sou linda, fantástica e maravilhosa...Eheheheheheh...
Comigo o zás trás pás não funciona. E quem já esteve comigo facilmente o confirmará. Eu gosto que haja um certo envolvimento, somos pessoas não animais... Fazêmo-lo pelo prazer, não por instinto... Quem gosta de prostitutas comigo não encaixa, mesmo!! Se esperam que eu chegue, me dispa, salte para cima e me vá embora como se nada fosse... ficarão desiludidos... :D eu não me sujeito a situações estranhas para ganhar mais uns trocos... Eu faço aquilo que gosto, com gosto. ;)
Uma prostituta podem levá-la onde? Se pensarem bem... a lado nenhum... a não ser que queiram chocar alguém! Ela é (por norma) escandalosa no modo de vestir, na maneira de estar!
Uma acompanhante até a podem apresentar ao patrão no jantar de Natal que ele jamais desconfiará (a não ser que já a conheça do meio ;)) que aquela elegante e educada moça trabalha no ramo do sexo.
A qualidade paga-se. ;) É a diferença entre a sardinha e o caviar... ;)

Cenas de terror

Para quem pensa que já leu tudo..;)
Como já referi anteriormente eu escrevo por memória, não por ordem de acontecimentos. Fiz um compêndio de cenas de pôr os cabelos em pé. :D
Quando trabalhamos em casa de outrém habilitamo-nos a que nos apareçam personagens... Muito no início apanhei um velhote que ás 14 horas me diz "Eu já tomei banho de manhã."Ai que medo... É que estavam 40º na rua!!! Eu fiquei tão parva com esta afirmação, com a plena consciência de que estava limpissímo, que já nem reagi!! Basicamente congelei no pensamento "Mas será que isto só me acontece a mim?!". Mas o pormenor de ser alérgico á agua que não saia da torneirinha da sua casota não foi nada tendo em conta que as cuecas estavam tao velhas e gastas que o elástico já não segurava nada!! Ou seja: ficava pendurado para fora!!!LOOOL!! E como complemento não podia faltar o buraquito na zona traseira. :D Tive de fazer um esforço tremendo para não sair dali para fora e nem sei o que era maior a vontade de fugir ou a vontade de rir!!!
E aqueles, sim aqueles, (é que para cúmulo são imensos!!!) que não tiram as meias?!! É que ver as meias lá ao fundo é muito mau!! Hoje em dia já os obrigo a tirar as meias, mesmo ouvindo uns"Mas que mal tem?"... OK...Sorriso..:"Tira as meias..." Mas com um olhar de "Se não tiras não comes!" Obedecem logo..Eheheh... Sinceramente eu admito: tenho um trauma com meias! Se o gajo está em cima de mim eu só vejo as meias... Já nem sei quem é o tipo..meiaaassss..... Mas a pior cena foi um destes meninos se lembrar de me virar ao contrário... e carinhosamente me dar um empurrãozito... Resultado: espetei a cara directamente no chulé dele!!! De meias e mal-cheirosas para culminar!!! Qualquer dia vou trabalhar de máscara, por perigo de inalação de substâncias tóxicas!! XD
E pensando bem..umas luvas também não tinham calhado nada mal no gajo que me pede uma massagem com incidência nos pés... Não seria nada de mais não fosse o facto de ter uns pés nojentos que parecem queijo suiço!!! Passei lá os dedos ao de leve... com medo, a sério, de apanhar sei lá eu que doenças de pele... Ou um cliente do spa que era tão peludo, ou então não se sabe lavar mesmo!, que ficou com uma pepita agarrada aos pêlos!! Isso mesmo... Eu a fazer a massagem, que se inicia de barriga para baixo, e a bela da pepita a olhar para mim... Fiz o oral o mais acima possível... não fossem haver mais resquícios mal lavados...Eu bem vos peço para apararem... LOLOL...
A certa altura estive na casa mais Twilight Zone que se pode imaginar! A dona era a telefonista de serviço, uma lábia do caraças. E para ajudar tinha lá a mãe!! Isso só por si já é estranho, mas a sra. era...tenho de a descrever para perceberem: uma mistura de Cruella de Vil com prostituta rasca, com direito a sinal com pêlos e tudo!! Um must!! AHAHAH Eu não conseguia olhar para ela sem estar esbugalhada, estar no mesmo espaço que aquela figura fazia-me confusão. Ninguém pára naquela casa, eu estive lá 3 dias... e creio que devo ter sido recordista. :D A telefonista fazia-se passar pela menina que lá estivesse nesse dia. Quando o cliente vinha passava a informação:"Chama-se tal, a idade é x, profissão y. E não fales muito no quarto." É que a voz dela não tem nada a ver com a minha. Eheheh. Houve quem se desse conta, alguns nem isso!! Tal como um que chega e mal entra no quarto abraça-me e diz:"Ai mulher tu deixas um homem maluco!", enquanto eu pensava o que é que "eu" supostamente lhe disse para o deixar nesse estado. Muito afoito despe-se e vai à casa-de-banho... Menos mal... este lava-se... Por acaso olho para a roupa lançada sobre a cadeira, os boxers brancos(daqueles justinhos) têem uma mancha castanha enorme... Porquê a mim? Porquê a mim? É que aquela imagem depois não sai da cabeça!! Olho para o tipo e vejo os boxers "malhados"!! Mas há pior, é que quando se vai embora descubro que a toalha ficou no mesmo estado!! CASTANHA!!!! E o que fazer com a toalhinha? Máquina pensam vocês, nem pensar! Conforme ouvi no 1º dia: "Isso não é nada. Quando já tiveres algumas toalhas ou ao final do dia, abres a torneira do lavatório bem quente e lavas com o sabonete das mãos. E está bom." Isto dito pela Madame Cruella. Não se contesta.LOL. E as toalhas eram ridiculas: um tamanho abaixo das de bidé!! Mas enfim, conforme fui intruída pela Madame (eheheh) ali não era para fazer amor, mas sim para despachar o cliente no máximo em 20 minutos!! Tinham um rádio no corredor e quando tava na hora aumentavam o volume! Volume acima sinal de que o cliente tem de tar porta fora daqui a 5 minutos!! Um stress. Principalmente para mim, lol, que como gosto de falar um bocadito quando era hora de sair ainda mal tinhamos começado. :D
Noutro espaço, chego de manhã e a rapariga diz-me:"Ó Sarah eu afastei a cama para lavar lá atrás e caem-me umas cuecas todas cagadas! Sabes alguma coisa disto?" De repente lembrei-me de um cliente que não encontrava as cuecas e foi sem elas!! Tinham ficado presas entre a parede e o gradeamento da cama. Fartámo-nos de rir, mas convenhamos que não é nada agradável estarmos a limpar a casa e depararmo-nos com umas cuecas sabe-se la de quem e imundas!! :D
E não resisto a partilhar duas histórias que se passaram com duas colegas minhas. Ambas do Porto. Se bem que se passou aqui em Lisboa. Na casa onde estávamos era regra tomarmos um duche com o cliente. A loirinha a contar que o cliente pede para tomar duche sozinho. Não é muito comum, mas ela acede. Começa a estranhar a ausência de ruído. Vai espreitar e está o fulano em bicos de pés, encostado à parede do poliban... e a água a correr!!! Empurrou-o para debaixo de água enquanto lhe gritava: "Seu porco"". A outra menina... O cliente despe-se e deita-se na cama. Quando ela chama para o duche, ele responde num tom muito grave: "Eu não tomo banho." Levou com uma resposta no mesmo tom :"Então temos um grave problema." Saca dos toalhetes e toca de o esfregar de alto a baixo!! Tomaram banho ou não tomaram? LOL.
O pior é quando somos apanhadas de surpresa! Pois é! Recebo um cliente que é um sr., de fato, bom aspecto, educado. Foi à casa-de-banho por auto-recriação. Estou a adorar este cliente. Deita-se e pede uma massagem para começar. Tudo muito bem... até ao momento em que vou colocar o preservativo (coloco com os labios)... é que descubro que ele apenas foi urinar e lavar as mãos!!! Como? Sei-o pelo simples facto de que os pelos púbicos (que nunca viram uma tesoura, logo estão em estado selvagem!) tresandarem a urina!! Fiquei enjoada de tanto ter de suster a respiração. E no final diz-me que gostou mas que tenho de ser mais proactiva! Mais ainda? Fui a rainha da proactividade do sorriso!! :D

Stand-Up

Não podia deixar de partilhar convosco este vídeo. Está soberbo. Palavras para quê? Oiçam!!

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

À procura de casa

Ora cá está algo que fazemos com alguma frequência: procurar um espaço para trabalhar. É que por diversos motivos estamos sempre em movimento.
Estava a trabalhar num Spa na Margem Sul (lá as casas não têem tanta mulher como em Lisboa). O espaço era muito agradável, apenas mais duas meninas. O que se tornou um problema no paraíso foi mesmo : o patrão! Um gajo com a mania que sabe muito da vida, quando começava a discursar minha nossa...campainha toca por favor!! Telefone toca, a ver se este tipo se cala!! LOL!! Mas isto era o menos, a obsessão pela limpeza, ao início, parecia fazer sentido. Um espaço notoriamente limpo é um excelente cartão de visita. O problema é quando temos de andar a catar as migalhas... Sim isso mesmo...LOLOLOL!!! É que se não queríamos ouvir uns berros de :"Suas porcas, isto é para arrumar logo. Olha aqui uma migalha. E se um cliente tem de vir à cozinha e vê isto?" Sim estamos a falar de pormenores como migalhas ou um copo esquecido no lava-loiça. Chegámos a andar de rabo para o ar na cozinha a observar o chão, não fosse ter escapado alguma migalha!!! Os discursos (aos berros naturalmente..) sobre "vocês não sabem atender o telefone, senão eles tavam todos aqui!", também começaram a ser em dose quase diária. Mas tendo em conta que ali era uma empresa e não podíamos ser explícitas ao telefone...não havia muito mais que se pudesse fazer... Claro está que vamos acumulando... E um dia a casa vem abaixo... Fui de fim-de-semana... Segunda-feira não me sentia muito bem, resolvi não ir trabalhar. Senti-me tão bem de não ter de ir para aquele sítio que percebi que estava psicologicamente cansada. Terça-feira também fiquei em casa. Como por acaso não tinha saldo nem avisei. Mas também o meu empregador nem se dignou a tentar saber de mim. Senti na pele o que ele passava a vida a repetir a uma colega :"Se quiseres podes ir embora, não fazes cá falta...". Perante esta falta de consideração decido que apenas lá vou retornar para buscar os meus pertences e dar uma justificação. Encontro a minha colega no autocarro. Parece que fui mal falada até dizer chega...Ahahahah... O tipo está danado comigo, fartou-se de berrar com quem lá estava. Pelos vistos nem autorização para entrar tenho! Pois sim, não faltava mais nada!! Chegámos. Abre-nos a porta uma colega nova, antipática que nem uma cobra, não levou um estalo muito por acaso. Subimos para a cozinha (que é o escritório de serviço), estão lá o chefe, o chefe do chefe e o contabilista. Olha-me de esguelha e vira-me as costas enquanto (finge que) discute assuntos da empresa com os outros dois. Faço que não reparo, coloco-lhe a mão no ombro e digo que vim para falar com ele. Durante cerca de 15 minutos ignora-me. Já estou a bater o pé! Lá me dirige um rude: "Senta-te". Levou com um : "Não me apetece sentar!" no mesmo tom. A partir daqui foi o escambal... gritei, barafustei, despejei tudo cá para fora. Enquanto o sacana se mantinha com a sua cara de pau a vociferar frases do género : "Mas eu não te devo nada.", até que lhe sai: "Quem está mal muda de esquina!". Esta teve o efeito de um murro no estômago. Eu nem a um cliente (e esse está a pagar) admito que me trate assim, quanto mais um fulano que está a obter dividendos com o meu corpo. Tive de me controlar para não voar por cima da mesa e transformar a cozinha num ringue. Saio disparada, bato com a porta da cozinha e vou ao cacifo arrumar os meus pertences. Vem atrás de mim, sim não vá eu levar a bata ou as socas à velha... é que fazem-me uma falta do caraças... LOLOL Aparentemente acha que não disse nada de mais!!! E diz-me que posso ficar. Posso ficar?! Mas este tipo está a gozar comigo, só pode! Entretanto a minha colega também levou com uma boca qualquer e aproveitou o barco. Eheheheh. Saímos de cabeça levantada. Ambas de alma lavada. Lá fomos...quem nos visse... Duas malucas na paragem a rir à chuva e carregadas de sacos, é que mulher para acumular tralha não há melhor. :D Nos dias seguintes começou a saga... Jornal em riste lá vamos vendo possibilidades.... Vamos a uma entrevista na Costa da Caparica. Vai um senhor dos seus 60 anos receber-nos à estação dos autocarros. A chover ainda por cima... Cartão de visita: "Olá, como estão. Vocês agora estão a ver-me assim vestido, mas eu nunca ando assim." WHAT??!! Olho para ela com vontade de fugir, mas já ali estamos... Vejamos pelo menos o apartamento... Levámos com um "É já ali" que nunca mais chega!! Enfim.. Espaço agradável, bem decorado e limpo! Apesar de o homenzito nos dizer que anda sempre em boxers, consideramos esse pormenor um mal menor. Tendo em conta que ele fala em lista de clientes. Ora bem... A Lista.... Consiste em números de telefone que ligaram para os telemóveis da casa. É que o fulanito pôs anúncio e ficou sem meninas (porque será?) e então todas as chamadas perdidas ele apontou num papel!! A lógica dele? "Tenho aqui estes números e vamos ligar a chatear a ver se eles ligam de volta e veem." Inacreditável... Sorrisos amarelos "Sim, sim, depois dizemos-lhe algo..". Andou três dias a ligar incessantemente... Nem nos dignámos a atender... Dizer-lhe o quê? O óbvio que ele não é capaz de percepcionar? Próximo... Uma rapariga que nos marca a entrevista na rua! Esta é nova nunca me tinha acontecido, mas está bem. Pergunta se somos completas. Não. Torce um pouco o nariz, mas combinamos começar a trabalhar no dia seguinte. Ficamos descansadas. Jornal fora. Na manhã seguinte envia uma mensagem a avisar que afinal não precisa de nós porque entretanto fez entrevista a uma menina que é completa. Lá vamos nós de novo comprar o jornal... Vamos a uma entrevista no Conde Redondo... A casa está a funcionar apenas à alguns dias... Uma confusão de mulheres abismal! As donas não estão lá, temos de aguardar. Uma delas já eu conhecia. A pergunta do costume : o que fazem ou não? Compreende perfeitamente que não façamos anal. Mas não porque não fazemos o oral ao natural!! "Qual é o problema?" É que ela também trabalha e faz, logo incentiva a que quem com ela trabalha também o faça. Já que dá o exemplo. Mas ficamos para experimentar... Vamos à cozinha e estão lá algumas brasileiras, muito animadas e simpáticas. :) Em conversa percebemos que a casa tem dois sistemas. Quartos alugados, em que as meninas dormem e trabalham. E dois quartos para clientes da casa. Uma salganhice. Nisto recebemos uma mensagem da tal rapariga que nos entrevistou na rua. A miúda ainda não chegou e os telefones não param de tocar, pergunta se temos possibilidade de ir imediatamente para lá! Como estávamos de tranportes uma hora à vontade levaríamos. Foi o que respondemos. Embora eu já achasse um pouco descaramento da parte dela. Lá apareceu um cliente, e como só vai uma de cada vez e o espaço era pouco. Enfiam-nos numa casa-de-banho! Quando uma pessoa pensa que já viu de tudo!!! Eu nem me tinha dado ao trabalho de trocar de roupa. LOL. Fui à apresentação de calças e camisa, em contraste absoluto com as minhas colegas de vestidinhos... Percebemos que ali não iriamos vingar, creio que estivemos lá umas duas horas... Chegou!! Pegámos na trouxa e fomos embora. Passado um pouco nova mensagem. Afinal a miuda ja tinha chegado e já estavam a trabalhar. "Muito obrigada pela atenção mas já não preciso de vocês." Eu só me ria!! A minha colega chamou-lhe tantos nomes que até ficaria mal trascrever aqui. Fomos tratadas como mercadoria. Completamente. Mas lá conseguimos encontrar um espaço jeitosinho, sem gente stressada. :D E ela até se mudou para lá. Desta vez conseguimos um final feliz. :)

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Só visto... II

Desta feita irei partilhar algumas situações que na altura não tiveram piada nenhuma, mas vendo á distância conseguem ser hilariantes....
Não as irei contar por ordem de acontecimento, mas por ordem de memória :)
Estava a trabalhar na altura deste acontecimento na casa de uma colega minha. Eu tinha já anúncio próprio e também havia da casa. Já não sei de qual veio este cliente... Não interessa.. :) Era um senhor na casa dos 50 anos, talvez um pouco mais. Simpatico... Até demais..lol..Hoje sei que quando um velho é muito simpático por norma quer contornar as regras... Imaginem então a situação, os dois ja sem roupa sentados na cama. Sorriso e conversa melosa de "só" um começo ao natural... Endireitei-me logo! "Não!" "Vá lá" "Não!" "Vá lá" "Não!Não! E não!" É que aparentemente "só" um início não faz mal nenhum... Não estando eu convencida, passa-me a mão pelo rosto e diz: "Mas és tão bonita que se vê logo que não tens nada." WHAT??! Fico de olhos, literalmente, esbugalhados a observar aquela figura. Enquanto o meu cérebro tenta processar o que acabou de ouvir! Considero ir ao Otorrino urgentemente, estou a ouvir muito mal mesmo!! Só pode!! Mas aquele sorriso expectante não deixa margem para dúvidas: eu ouvi bem!! Respiro fundo e prossigo na saga do não... Como não resultou galantear-me (se é que aquilo se pode considerar como tal!!!) passa para a fase seguinte: fazer-se de ofendido!! Isso mesmo!! Com direito a tudo! Bracinhos cruzados, cara de lado e beicinho!! "Eu sou casado, logo não tenho nada!" Esta matou-me!! LOL! Quando eu pensava que já tinha ouvido tudo e que aquela situação não poderia piorar... Levou uma descasca sobre as DST e ainda lhe disse com todas as letras : "Eu não sei onde é que a boca da minha colega andou!" Sim, porque às tantas já conseguimos distinguir quem anda em todas as casas e mais algumas...Acreditem que nem me lembro se cheguei a ter algo com esta figura!! É que o tempo foi passando...com tanta discussão... Uma situação ridícula..e a evitar!!!
Quem já esteve comigo ou pelo menos já conversou, sabe perfeitamente que a higiene para mim é algo indispensável!
Nesta história estava noutra casa. Éramos três meninas e havia uma pessoa que tomava conta da casa... Neste dia estava com um humor não muito agradável..:)
Tocam à campainha, vou eu porque ninguém mais está pronta... Enfim... É um senhor, já também com cara de quem está habituado a estas lides (tenho cá uma sorte..) Encaminho-o para o quarto e não é que me apalpa! Apresentei-me, quase a rosnar. Fiquei danada. Lá fui chamar as colegas. Uma dói-lhe a cabeça... Não vai... Paciência...Vai a loirinha apresentar-se... Fico na sala a barafustar que aquilo não pode ser. Não estou ali para ser apalpada. E aviso logo. Recuso-me a atender aquele homem. A colega volta e diz que ele me quer ver de novo. Estrebuchei com ela, coitada que não entendeu o que se passava, que inventasse qualquer coisa para o cliente. Eu não o iria atender. Ficou com ela. Ufa... Uma figa torta.... Soubesse o que me aguardava!! Velhinho volta estás perdoado!! A campainha toca de novo... Um tipo na casa dos 30... aspecto um pouco duvidoso... Escolheu-me... Ok.. Vamos lá...Paga... Levo-o ao wc, explico como deve fazer...Quando sai estou a aguardar e encaminho-o para o quarto... Sorrio, apesar de ele parecer ter acabado de sair do Casal Ventoso. Mas a luz do quarto é ténue, disfarça.... Deixo-o no quarto com um :"Vai-te pondo à vontade." Volto. O gajo está encostado à parede!! (quê?!) Apenas tinha tirado o casaco! Ok, é a 1a vez tem desculpa... Observando mais de perto aqueles dentes é que não têem desculpa!! É fechar os olhos... Os dentistas são caros... Não vamos julgar... Lá se começa a despir, já tou quase a dormir... De repente há algo que de desperta os sentidos!! Não, não é falta de desodorizante, é falta de banho mesmo!!! Em questão de segundos deixa de haver ar puro no quarto!! Que mal fiz eu?? Olho para a porta... Calma, respira...qual respira...fico intoxicada!! Calma, és profissional, tens de saber lidar com situações estranhas... ( Socorro!) Mas não nos deixemos enganar pela aparência, o gajo é fino!! A cama abana um pouco é verdade, mas é segura! Sugere ir para o chão!! Isto não me está a acontecer!! Subo para cima da cama e lá dou uns pulinhos... Semi-convencido... Creio que será óbvio para qualquer mortal que a esta altura só o queria despachar, mesmo!! Mas para mal dos meus pecados a novela ainda mal começou.... Qual é o gajo que tem uma mulher semi-nua ao lado a mexer-lhe e mesmo assim não sobe!? Chamem-me convencida, mas eu sei que o problema não é meu!! No way! Ia fazendo uma entorse no pescoço e uma luxação no braço...(queria despachá-lo, lembram-se?) A meio da acção pede para eu ficar de gatas... Melhor, não tenho de o ver!! Claro está que não poderia dar bom resultado...tentou colocar-se onde lhe havia sido dito que não podia... De um salto sentei-me. Dedo em riste e cara de zangada... Dou-lhe um raspanete. Não admito faltas de respeito... Claro que do susto sequei completamente. Tive de ir buscar o lubrificante à descarada. Enfim... naturalmente que não lhe permito voltar àquela posição... E é aqui que o verdadeiro drama começa!!! Recapitulano: dentes estragados, com alguns em falta, sarro de 3 dias... Mas há mais!! Sim...piorou!! LOL!! Acabo de descobrir que tem um hálito tremendo aliado ao facto que cheira, também, a cinzeiro. E com uma falta de consciência tremenda decide partilhar tudo isto comigo!! Para além de se estar a esfregar em mim (vou roubar o esfregão da cozinha, senão isto não vai sair!!) decide que me quer beijar!! Já é demais! Fecho a boca. Viro a cara.Mas o fulano insiste!! Apetece-me dar um berro para que alguém venha ao quarto, mas tenho a noção que se o fizer ele enfia aquela língua até quase me fazer uma lavagem ao estômago. Lá o consigo afastar o suficiente para lhe dizer que tem de se despachar. Sei lá eu onde já vai a meia hora... estou entre o desmaiar e o vomitar... Acabou... Pisgo-me do quarto... Não me recordo de alguma vez ter abandonado alguém no quarto... Mas estava desesperada por ar fresco... Na sala foi a risota total... E eu a bufar...lolol... Pelo som percebi que já estava pronto. Levei-o à porta. Tenho a certeza que àquela casa não retorna. Mas fico a pensar... como é que aquele tipo tinha dinheiro para dispensar?

Só visto...

Lá diz a sabedoria popular: "Só visto contado ninguém acredita!".
Muitas vezes me questionam sobre situações engraçadas ou não que vivencio...
Hoje resolvi escrever sobre as menos agradáveis. Isto, porque, tendo em conta que há mais pessoas a ler o blog, espero que funcione como um alerta para que sejam evitadas. E não só comigo...
Para quem não sabe eu tenho vários perfis em redes sociais. Dessas redes advéem alguns contactos.
Recebo uma mensagem no Spot a dizer que necessitava urgentemente de uma acompanhante para um jantar de empresa. Entre trocas de mensagens procurei informar-me da data, local, horário. Tudo me foi facultado. Inquiri se já sabia os valores e por quanto tempo iria requerer a minha companhia. Após ter facultado os valores (aparentemente ele não os saberia ainda) a resposta q tive foi esta: "lolololol ... isso é o som que fazes quando fazes um broc... e lembes a esporra, duzentos se for sem preservativo..." (o erro ortográfico n foi meu, :), e abreviei a palavra de propósito..). Obviamente que de resposta recebeu um solitário : "esquece". Responde-me todo dengoso que só queria testar com quem estava a lidar e a convidar para um cafezito para combinarmos o jantar... Mas este ser acha mesmo que depois de me ter faltado ao respeito eu o irei acompanhar a algum lado?! Ele falhou num dos meus requisitos..: o respeito! É notoriamente daqueles homens que acham que se pagarem podem tratar a mulher como bem o entenderem... Nem a uma prostituta de rua se trata assim, e eu sou acompanhante, para além do mais...
Passemos ao Netlog... Nesta rede não se pode publicar fotos demasiado expostas, por assim dizer ;) Mas tenho no perfil, no local destinado à profissão definido "escort". O que acontece é que boa parte não lê o perfil completo... O que origina situações como a que vou retratar (e escolhi esta pelo ridiculo da situação...). Abro a caixa de correio e tenho alguém que me questiona o que escondo, porque o meu perfil é muito misterioso (não se vê o rosto). Resposta óbvia: peço para ler o perfil com atenção. Bem, desta situação (que no Netlog é recorrente) por norma há duas respostas possíveis: ou me pede desculpa, agradece e adeus; ou pergunta como trabalho. Esta figura conseguiu uma terceira vertente!! Reconhece que está lá escrito realmente, mas que graças a Deus está na flor da idade e ainda não precisa recorres a estes serviços, visto que ainda consegue colher alguns frutos. E para finalizar: "mas tu atendes onde?" Isso mesmo!!! "Eu não preciso, mas já agora..."Lololl...Se pensam que termina aqui, enganaram-se!!! Senti-me na obrigação de responder :"eu faço companhia...não faço serviços.." Esta arruma-o pensei eu....Qual quê!? Teve o descaramento de em resposta me questionar se o negócio está a render!!
Há pessoas sem educação nenhuma e que se acham o máximo. Consideram que por uma mulher por esta ou aquela circunstância ter iniciado a trabalhar como acompanhante a podem tratar e destratar como lhes aprouver!!
Somos seres humanos e merecemos respeito... somos muito mais honestas e sinceras que muitas das ditas "mulheres certinhas". Por incrível que possa parecer com este trabalho redescobrimos a nossa dignidade e a partir de certa altura escolhemos as nossas companhias...

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Massagens

A massagem permite uma outra intimidade, através do toque vamos começando a explorar o corpo...
Há variantes, pois claro :)
Se apenas pretendes relaxar depois de um dia, ou dias, dificil proponho-te a massagem relaxante com descompressão oral/manual...
Tens também a massagem erótica, que serve para aquecer e apimentar, de uma forma diferente e interessante, o convivío...
Claro que também faço a massagem prostática, para quem aprecia.

O Preservativo

Para a minha pessoa o preservativo faz parte, é algo indispensável... e não é discutível.
Quem pratica sexo não seguro publicita-o em letras garrafais, logo se é esse o teu intento escusas de me contactar.
É algo que gosto de esclarecer para que não venhas estar na minha companhia com essa intenção e depois te sintas defraudado. :)

domingo, 3 de janeiro de 2010

Dominaçao light

Este é mais um dos serviços que tenho para oferecer aos meus clientes...
A Dominação light inclui a "chuva dourada", a "chuva negra", a simulação masculina...
Posso passear-te como um cachorrinho pelo quarto, deixar-te usar as minhas roupas...desde que te sirvam...obviamente. :)
Dentro desta matéria ha sempre muitas nuances e fantasias. É falares comigo e dizeres o que gostas.
Fico à espera dos teus pedidos...